Topo
pesquisar

População do Acre

Geografia do Brasil

A população do Acre é composta por vários imigrantes e cerca da metade dos habitantes reside na capital Rio Branco.
PUBLICIDADE

O Acre é o estado situado mais a oeste da região Norte, sua extensão territorial é de 164.122,280 quilômetros quadrados. Conforme contagem populacional realizada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado totaliza 733.559 habitantes, distribuídos em cinco microrregiões (Basileia, Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira e Tarauacá), onde estão localizados 22 municípios.

Sua população é composta por vários imigrantes, entre eles destacam-se: nordestinos, sulistas e paulistas. A população indígena totaliza 14.318 pessoas.

O aumento populacional do Acre é significativo, pois em menos de 70 anos sua população passou de 79.768 para 733.559 habitantes. Acompanhe a evolução demográfica do estado.

1940 – 79.768 habitantes.
1950 – 114.755 habitantes.
1960 – 158.852 habitantes.
1970 – 215.299 habitantes.
1980 – 301.276 habitantes.
1991 – 417.718 habitantes.
2000 – 557.526 habitantes.
2009 – 691.132 habitantes.
2010 – 733.559 habitantes.

O crescimento demográfico acreano é de 2,8% ao ano, com densidade demográfica caracterizada baixa, aproximadamente 4,4 habitantes por quilômetro quadrado. A maioria da população reside em áreas urbanas (72,6%), já os moradores das áreas rurais somam 27,4%. A divisão populacional conforme o sexo é a seguinte: homens 50,2%, mulheres 49,8%.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Rio Branco, cidade que abriga quase metade da população estadual

Rio Branco, capital do Acre, é a cidade mais populosa do estado, totaliza 336.038 habitantes, ou seja, quase metade do contingente populacional acreano. Outras cidades populosas são: Cruzeiro do Sul (78.507), Sena Madureira (38.029), Tarauacá (35.590), Feijó (32.412), Brasileia (21.398).

Menos de 40% da população tem acesso a água tratada, o acesso a rede de esgoto também é bastante restrito, beneficiando apenas 34,8% dos habitantes. A taxa de analfabetismo é de 15,4% e a taxa de mortalidade infantil é de aproximadamente 28,9 óbitos a cada mil nascidos vivos, refletida na expectativa de vida do acreano, que é de 71 anos. Todos esses fatores são responsáveis pela média do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que, atualmente é de 0,751, fazendo com que o Acre ocupe a 17° posição no ranking nacional, sendo o penúltimo entre os estados nortistas, à frente apenas de Roraima.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueria e. "População do Acre"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/aspecto-populacao-acre.htm. Acesso em 16 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola