Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é testosterona?

O que é Biologia?

A testosterona é um hormônio sexual masculino produzido principalmente nos testículos.
PUBLICIDADE

A testosterona é o principal hormônio sexual masculino, porém também é encontrado na mulher. O hormônio é produzido principalmente nas células de Leydig no interior dos testículos, porém uma pequena quantidade é produzida nas suprarrenais. Nas mulheres, a produção também é encontrada nos ovários. Vale destacar que em mulheres a quantidade de testosterona é muito inferior que a dos homens.

Esse hormônio está diretamente ligado às características sexuais masculinas, como o desenvolvimento dos órgãos sexuais, a produção de espermatozoides, o engrossamento da voz, o aparecimento da barba e o desenvolvimento dos músculos. Ainda na fase embrionária, ele é responsável pela diferenciação sexual, levando à formação da genitália masculina.

Após o nascimento, a produção de testosterona é baixa até a fase da puberdade, onde ela tende a aumentar novamente. Nessa fase, o hipotálamo promoverá a liberação do fator liberador da gonadotropina, que estimulará a produção do hormônio luteinizante, que, por sua vez, estimulará as células de Leydig a produzirem testosterona.

É na puberdade que a testosterona fará com que apareça os caracteres sexuais secundários, como o engrossamento da voz, aumento de pelos e aumento dos músculos. O hormônio também está relacionado com a libido e agressividade.

É importante destacar que além da sua função androgênica, a testosterona também atua no aumento da produção de eritrócitos, acelera a deposição da matriz óssea, atua no metabolismo de lipídios e está relacionado com a retenção de sódio e água pelos rins.

Após os 50 anos de idade ocorre um declínio constante na produção desse hormônio, o que ocasiona normalmente uma diminuição na libido, mudanças comportamentais, diminuição da massa muscular, aumento da gordura, depressão, insônia, osteoporose, entre outros sintomas. Nem todos os homens vão sofrer com o declínio na produção, somente aqueles em que a diminuição for muito acentuada. Esse quadro é normalmente chamado de andropausa, entretanto uma denominação mais adequada é insuficiência androgênica parcial do homem idoso.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é testosterona?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-testosterona.htm>. Acesso em 29 de marco de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA