Topo
pesquisar

Unhas

Biologia

As unhas, que são formadas a partir da ectoderme e compostas principalmente de queratina, possuem como função principal proteger as extremidades dos dedos.
As unhas possuem a função de proteger as pontas dos dedos e ajudar na manipulação de objetos
As unhas possuem a função de proteger as pontas dos dedos e ajudar na manipulação de objetos
PUBLICIDADE

As unhas são derivados ectodérmicos compostos por queratina dura que possuem como principal função a proteção das extremidades dos dedos das mãos e dos pés, bem como a atuação na manipulação de pequenos objetos. Além disso, as unhas das mulheres apresentam também a função de decoração.

As unhas são formadas por quatro epitélios básicos chamados de matriz ungueal, leito ungueal, prega ungueal proximal e hiponíquio. A matriz ungueal é a região onde é encontrado o epitélio germinativo, ou seja, onde ocorre a proliferação celular. As células produzidas nessa região formam o prato ungueal, estrutura que cobre o leito ungueal (região logo abaixo da unha). O prato ungueal apresenta uma região esbranquiçada na extremidade proximal da unha, que recebe o nome de lúnula, e uma região de borda livre. Abaixo da borda livre encontra-se o hiponíquio. A prega ungueal proximal corresponde à junção da unha à pele.

A unha cresce aproximadamente 3mm por mês nas mãos e apenas 1mm nos pés. Estima-se que, quando perdemos a unha da mão, esta demora em torno de quatro meses para regenerar-se, enquanto as dos pés podem demorar até oito meses. A velocidade de crescimento pode variar de pessoa para pessoa e também ser inibida em razão de alguma doença ou até mesmo desnutrição.

As unhas, apesar do que muitos pensam, carregam sinais importantes de algumas patologias, mesmo que não muito específicos. Na falta de alguns nutrientes, por exemplo, percebe-se que as unhas tornam-se opacas, sem brilho e quebradiças. No hipertiroidismo, ocorre o enfraquecimento dessa estrutura, assim como em casos de leucemia.

Algumas vezes, as unhas podem apresentar doenças, como é o caso das onicomicoses. Nessa condição, fungos atacam as unhas, podendo causar manchas, descolamento e queda. Outra doença comum é a psoríase ungueal, uma patologia de causas desconhecidas que causa depressões, engrossamento e descolamento da unha.

Atenção: O uso exagerado de esmaltes pode tornar as unhas fracas. Evite a pintura constante dessa estrutura.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Unhas"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/unhas.htm>. Acesso em 18 de novembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA