Whatsapp

Materiais Poliméricos

Química

PUBLICIDADE

Os materiais poliméricos são mais antigos do que se pensa, eles têm sido usados desde a Antigüidade. Contudo, nessa época somente eram usados materiais poliméricos naturais, a síntese artificial de polímeros é um processo que requer tecnologia sofisticada, pois envolve reações de química orgânica, ciência que só começou a ser dominada a partir da segunda metade do século XIX.

A partir daí começaram a surgir polímeros modificados a partir de materiais naturais, mas somente no início do século XX os processos de polimerização artificial surgiram. Desde então esses processos passaram por aperfeiçoamento e colaboraram para a obtenção de plásticos, borrachas e resinas cada vez mais sofisticadas e baratas, graças a uma engenharia molecular cada vez mais complexa.

Os polímeros podem se subdividir em diferentes classes, sendo as principais a dos polímeros de adição e de condensação. Veja abaixo alguns polímeros e suas utilizações:

Polímeros de adição:

Polietileno: etileno usado para fabricar baldes, sacos de lixo e de embalagens.

Polipropileno: o propileno pertence a essa classe e é usado para a fabricação de cadeiras, poltronas, pára-choques de automóveis.

PVC: cloreto de vinila e estireno são exemplos. Esse material é usado em tubos para encanamentos hidráulicos.

Isopor: o chamado estireno é um ótimo isolante térmico.

Orlon: o composto acrinitrilo é um exemplo e é empregado na obtenção da lã sintética, agasalhos, cobertores, tapetes.

Acrílico: composto transparente muito resistente usado em portas e janelas, lentes de óculos, etc.

Teflon: o tetrafluoretileno é o revestimento interno de panelas, mais conhecido como teflon.

Borracha Fria: empregada em pneus, câmaras de ar, objetos de borracha em geral.


Polímeros de condensação:

Amido: encontrado nos alimentos e usado para fabricar etanol.

Celulose: usada na fabricação de papel, algodão, explosivos.


Existem também os derivados denominados de copolímeros de condensação, veja abaixo os monômeros desses polímeros e a aplicação dos mesmos:

Náilon (1,6-diaminoexano /ácido adípico): aplicação em rodas dentadas de engrenagens, peças de máquinas em geral, tecidos, cordas, escovas.
 
Terilene ou dracon (etilenoglicol /ácido tereftálico): aplicado em tecidos em geral (tergal).

Baquelite (aldeído fórmico /fenol): revestimento de móveis (fórmica), material elétrico (tomada e interruptores).

Poliuretano (poliéster ou poliéter isocianato de p.fenileno): aplicação importante em colchões e travesseiros (poliuretano esponjoso), isolante térmico e acústico, poliuretano rígido das rodas dos carrinhos de supermercados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Veja mais!
Utilização dos polímeros sintéticos
A invasão dos polímeros

Polímeros - Química Orgânica - Química - Brasil Escola


 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Materiais Poliméricos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/materiais-polimericos.htm. Acesso em 21 de abril de 2021.

Artigos Relacionados
Conheça a fonte de obtenção da borracha natural, a produção das borrachas sintéticas, suas constituições e aplicações.
A celulose é o polissacarídeo mais usado industrialmente, como na produção de papel e tecidos. Obtenha mais informações aqui!
Muitos materiais em nosso cotidiano são formados por copolímeros. Descubra quais são esses materiais lendo este artigo.
Saiba o que é uma fibra de carbono, como ela é fabricada, suas principais propriedades e por que ela é tão versátil e de larga aplicação.
Clique e conheça tudo sobre o material até sete vezes mais resistente do que o aço, o Kevlar!
Você sabia que os potes de margarina, os cabides e o isopor são todos feitos do mesmo polímero, o poliestireno? Descubra mais aqui!
Conheça a constituição química do polímero PVC (policloreto de vinila), muito usado na produção de tubulações e materiais de couro sintético.
Entenda o que diferencia um polímero de rearranjo dos polímeros de adição e de condensação, e conheça também o principal polímero dessa classe: o poliuretano.