Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Açúcar invertido

Química

Por que o termo “invertido” para este açúcar?
Por que o termo “invertido” para este açúcar?
PUBLICIDADE

Já ouviu falar do açúcar invertido? Talvez nunca tenha ouvido falar dele, mas com certeza já o experimentou. Sabe aqueles deliciosos chocolates com recheios cremosos? Quando você os morde, o doce contido escorre pela boca, temos aí o açúcar invertido. A explicação para o termo se baseia na isomeria da molécula. Vejamos o modo de preparo deste açúcar:

O açúcar comum, conhecido como sacarose, é composto de moléculas de glicose e frutose. Se aquecermos o açúcar na presença de água ocorrerá a reação química chamada hidrólise.

Equação do processo

C12H22O11 (sacarose) + H2O (água) = C6H12O6 (glicose) + C6H12O6 (frutose)

O procedimento provoca a quebra da sacarose em dois açúcares que formam a sua molécula: glicose e frutose. Quando esta reação ocorre com a adição de um ácido, surge uma espécie de xarope que foi batizado de açúcar invertido. O termo "invertido" decorre de uma característica física da sacarose: ela inverte o plano da luz polarizada quando submetida à análise no aparelho polarímetro (aparelho óptico que permite identificar se uma substância possui poder rotatório e se é dextrógira ou levógira).

Análise de açúcar no polarímetro

O raio de luz polarizada que incide sobre o açúcar comum gira para a direita, ou seja, a sacarose é originalmente uma molécula dextrógira (D,+). Mas após o procedimento descrito, a luz incidente passa a ser desviada para a esquerda, portanto o açúcar invertido é levógiro (L,-).

Utilização do açúcar invertido

Este açúcar é vastamente utilizado na fabricação de balas e biscoitos. A aplicação em balas previne a cristalização do açúcar (fator desagradável que dá ao produto a consistência arenosa e seca).

A função do açúcar invertido em biscoitos é proporcionar ao produto maciez e coloração caramelada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Açúcar invertido"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/acucar-invertido.htm. Acesso em 19 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique e conheça todos os possíveis produtos que podem ser originados durante as reações orgânicas de hidrólise de amidas.
Conheça os isômeros e as propriedades do composto mais utilizado como adoçante no Brasil e no mundo, o aspartame; e veja se há algum risco em seu consumo.
Saiba mais sobre os riscos do consumo exagerado de açúcar e entenda a importância de uma alimentação balanceada.
Clique para conhecer a composição, características e benefícios do adoçante natural que tem sido muito utilizado na atualidade: o stevia cristal.