Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

A Revolução Chinesa de 1949

MaoTsé-Tung, principal líder da Revolução Chinesa
MaoTsé-Tung, principal líder da Revolução Chinesa
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A Revolução Chinesa, ocorrida em 1949, provocou profundas transformações na China que até hoje se faz presente no cotidiano de seu povo. Para entender essa revolução, devemos nos voltar para a situação da China do século XIX. Naquele período, o país sofreu com a dominação imperialista promovida pelas nações capitalistas europeias, principalmente da Inglaterra.

Nas primeiras décadas do século XX, a população chinesa passava por intensas dificuldades econômicas que pioraram drasticamente as condições de vida do povo chinês. Mediante um movimento contra a presença estrangeira no país, a dinastia Manchu deu fim ao governo imperial e criou um novo governo: a República da China. Mesmo com tal mudança, ainda em 1915, o país foi politicamente dominado pelo governo japonês.

Insatisfeitos com a dominação nipônica, uma grande mobilização política do povo chinês promoveu, em 1921, a criação do Partido Comunista Chinês. Em virtude de seu forte apelo popular, o novo partido foi visto como uma ameaça à ordem governamental e, por isso, seu líderes e participantes passaram a ser perseguidos pelas autoridades do país.

Impedidos de participarem das questões políticas de seu país, os comunistas chineses, sob a liderança de Mao Tsé-Tung, começaram a mobilizar as populações camponesas atraídas pela promessa do uso coletivo das terras e a criação de um sistema político igualitário. Contando com o apoio dos camponeses, Mao Tsé-Tung criou o Exército Vermelho, que entre os anos 30 e 40 lutou contra o governo chinês.

Após esse período de batalhas, os comunistas dominaram Pequim, em 1949, e Mao Tsé-Tung foi aclamado como novo líder da República Popular da China. Inicialmente apoiado pelo governo comunista soviético, o governo comunista chinês criou um grande projeto de transformação político-econômico chamado Grande Salto para Frente. Pouco depois, em 1966, surgiu um programa de controle cultural, político e ideológico chamado de Revolução Cultural. Com a morte de Mao Tsé-Tung, em 1976, a Revolução Cultural teve seu fim e as políticas econômicas do país se abriram para a economia mundial.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Rainer Sousa
Graduado em História
Equipe Brasil Escola

China - História - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUSA, Rainer Gonçalves. "A Revolução Chinesa de 1949"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/china/a-revolucao-chinesa-1949.htm. Acesso em 02 de julho de 2022.

De estudante para estudante


Videoaulas


PUBLICIDADE

Estude agora


Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...

10 anos da Guerra Civil Síria

Assista a nossa videoaula para conhecer a história dos 10 anos da Guerra Civil Síria. Confira também no nosso canal...