Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Economia de Minas Gerais

Indústria automobilística: um dos principais setores da economia mineira
Indústria automobilística: um dos principais setores da economia mineira
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Localizado na Região mais desenvolvida economicamente do Brasil (Sudeste), o estado de Minas Gerais possui extensão territorial de 586.520,368 quilômetros quadrados e, conforme dados divulgados em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), abriga 19.597.330 habitantes.

Minas Gerais, com 241,3 bilhões de reais, detém o terceiro maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, atrás somente dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Sua contribuição para o PIB nacional é de 9,1% e no âmbito regional, sua participação é de 16,1%. A composição do PIB mineiro é: agropecuária 8,4%, indústria 31,9%, serviços 59,7%.

O setor de serviços está em constante desenvolvimento e já é o maior responsável pelo PIB estadual. Os serviços de telecomunicação e o setor de comércios contribuem de forma significativa para o avanço econômico de Minas Gerais.

No setor agropecuário, o estado se destaca por apresentar o terceiro maior rebanho bovino do país, sendo o maior produtor nacional de leite. Minas Gerais também é líder na produção de feijão, além de ser responsável por 50% da safra de café. Outros importantes cultivos são o de milho, soja e cana-de-açúcar.

O setor industrial, que tem participação de 31,9% no PIB estadual, é bastante diversificado. Minas Gerais abriga o terceiro maior parque industrial do Brasil, com destaque para o segmento automobilístico, que é representado pela Fiat (instalada no município de Betim desde 1976), Mercedes-Benz (em Juiz de Fora) e a Iveco (em Sete Lagoas).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outros segmentos importantes são o alimentício, têxtil, eletroeletrônico, mecânica, metalúrgico, siderúrgico, construção civil, autopeças e mineradoras – Minas Gerais apresenta grande riqueza mineral, sendo grande produtor de ouro, zinco, bauxita (segundo maior do Brasil) e minério de ferro (maior produtor nacional). Outro destaque é o setor de biotecnologia, que está em constante expansão e, atualmente, possui 80 empresas instaladas no estado.

Importações e Exportações de Minas Gerais:

Exportações: US$ 24,4 bilhões:

Minério de ferro: 29%.
Ferro, aço e suas sobras: 26%.
Café em grão: 12%.
Carros e peças: 8%.
Máquinas e equipamentos: 3%.
Ouro: 3%.
Celulose: 2%.
Outros: 17%.

Importações: US$ 10,5 bilhões:

Veículos automotores e peças: 20%.
Máquinas e equipamentos: 13%.
Carvão mineral e derivados: 12%.
Adubos e fertilizantes: 9%.
Eletroeletrônicos: 7%.
Produtos das indústrias químicas: 7%.
Enxofre: 4%.
Metais não ferrosos: 3%.
Outros: 25%.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Economia de Minas Gerais "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/economia-minas-gerais.htm. Acesso em 30 de junho de 2022.

De estudante para estudante


PUBLICIDADE

Estude agora


Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...

Apartheid | África do Sul

Assista a nossa videoaula para entender o que foi o Apartheid na África do Sul (1948-1994). Confira também no...