Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Acasalamento de escorpiões e aranhas

A famosa viúva negra
A famosa viúva negra
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Geralmente não é tarefa fácil identificar o sexo de um escorpião, uma vez que muitas características de dimorfismo são vistas apenas em indivíduos adultos. Mas quanto ao acasalamento, esse animal não é nada discreto.

Para reprodução, o macho prende a fêmea em seus pedipalpos e realiza um ritual de corte, que consiste em arrastá-la e balançá-la por todos os lados até a liberação (no solo) de um tubo contendo esperma, denominado espermatóforo. Após essas ações, a fêmea se posiciona neste, penetrando em seu opérculo genital. Em algumas espécies, como o escorpião amarelo, há reprodução por paternogênese.

Os filhotes, após o nascimento, são conduzidos um a um pela mãe até o dorso, onde permanecem até a primeira muda e passam a viver independentes.

Quanto às aranhas, geralmente o macho tece uma teia, chamada teia espermática, e deposita ali seu esperma, injetando na fêmea em seguida. Para o acasalamento, o macho, ainda, provoca vibrações ritmadas na teia ou outro local onde está localizado com seus palpos, atraindo a fêmea. Esta, após a cópula, como muitos já sabem, arranca a cabeça de seu parceiro e a come - e o mais surpreendente é que muitos filhotes mais fortes, ao nascerem, se alimentam de seus irmãos.

Muitos machos, para evitar serem comidos – e vale lembrar que não é só a viúva negra que pratica o canibalismo – embrulham uma mosca ou algum outro “petisco” em um pacote de seda e presenteia a fêmea e, quando ela está desarmada, se aproxima e, após o acasalamento, foge.

Outros machos se aproveitam do momento da muda para se aproximarem imediatamente, já que é um momento em que a fêmea está mais vulnerável e, consequentemente, menos agressiva.

Uma maneira surpreendente de ritual consiste no macho tocar com bastante habilidade um determinado fio da teia da fêmea, indicando não ser uma presa em potencial – ou um predador, e sim um indivíduo da sua espécie com intenções de cópula.

Para encerrar, em um estilo que muitos considerariam bruto, alguns machos prendem a fêmea a fios de seda antes do acasalamento para que consigam passar seus genes adiante, mas escapando a tempo de não serem devorados!

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Reino Animalia - Reinos do Mundo Vivo - Biologia - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Acasalamento de escorpiões e aranhas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/acasalamento-escorpioes-aranhas.htm. Acesso em 03 de julho de 2022.

De estudante para estudante


Qual a função da célula?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Qual o animal mais perigoso do mundo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

PUBLICIDADE

Estude agora


Cem anos de solidão | Análise Literária

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra “Cem anos de solidão”, um dos romances mais...

Variabilidade genética

Sempre que falamos de variabilidade genética, analisamos genótipos e fenótipos, observamos novas características,...