Topo
pesquisar

Houve e ouve?

Gramática

PUBLICIDADE

É reincidente a confusão entre “houve”, dessa forma com “h” e “ouve” sem o “h”.

Vamos esclarecer:

Houve – vem do verbo “haver”, conjugado no pretérito perfeito do indicativo do verbo “haver”. Pode significar: aconteceu, existiu, ocorreu.

Veja: Houve muito barulho no estádio, pois a atleta brasileira tinha vencido.
No Brasil já se falou mais de paz, já houve mais amor!

Lembre-se de que o verbo “haver” no sentido de “existir” fica na terceira pessoa do singular. Na dúvida substitua um pelo outro!

Ouve – vem do verbo ouvir, conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo ou no imperativo afirmativo (tu):

Observe: Ela ouve quando digo que não é para sair.
Ouve e não se cales diante dos fatos!

Pode ser substituído por “escutar”!

Portanto, não tem porque errar, pois os significados são diferentes!

Veja mais exemplos:

a) Quem ouve mais, tem mais o que dizer depois!

b) Houve um arrependimento genuíno?

c) Ele ouve seus conselhos porque sabe que és sábio!

d) Nesta semana houve muitos afazeres!

e) Ele só ouve o que quer e por isso é tolo!

f) Quem fala o que não deve, ouve o que não quer.

g) Ele não ouve muito bem do lado esquerdo!

h) Ele ouve muito bem, não precisa gritar!

i) Houve um tempo em que as pessoas eram mais calmas!

j) “Se queres ser bom juiz, ouve o que cada um diz”. (provérbio)

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VILARINHO, Sabrina. "Houve e ouve? "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/gramatica/houve-ouve.htm>. Acesso em 28 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA