Whatsapp

Síndrome da fome noturna

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

A síndrome da fome noturna é um distúrbio alimentar caracterizado pela ingestão de 50% do consumo diário da alimentação no período noturno, após as 19h. Normalmente, as pessoas que possuem tal síndrome não sentem necessidade de se alimentar durante o dia, o que faz com que se alimentem em pequenas quantidades.

Apesar da fome que se manifesta de forma voraz à noite, a síndrome ainda apresenta alguns sintomas como insônia, fadiga, sonolência no decorrer do dia, anorexia matinal, irritação, dores de cabeça, ansiedade, indisposição, descontrole emocional e desconcentração.

Como o organismo durante o período noturno trabalha de forma mais lenta, a síndrome da fome oculta provoca o ganho de peso num curto período de tempo e ainda causa problemas secundários, relacionados ao ganho de peso como: hipertensão, diabetes e colesterol. Ainda provoca a insônia que também induz o organismo a reagir, provocando problemas como os já citados anteriormente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Alguns especialistas e estudiosos desse problema acreditam que deve haver relação entre a síndrome e o nível de estresse da pessoa, além de problemas emocionais. Porém, é importante buscar auxílio médico assim que for notada a troca dos horários em que o organismo libera a sensação da fome e não somente quando o ganho de peso já estiver em estágio considerável. Normalmente, o aparecimento da síndrome ocorre em indivíduos de ambos os sexos com idade entre 20 e 30 anos. Apesar disso, as mulheres buscam mais orientação médica do que homens.
 

Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola

O assalto à geladeira durante a noite
O assalto à geladeira durante a noite

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Gabriela Cabral da Silva. "Síndrome da fome noturna"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/sindrome-fome-noturna.htm. Acesso em 13 de maio de 2021.