José Bonifácio, o patriarca dos Químicos

Química

PUBLICIDADE

Os primeiros experimentos químicos datam de 1800, e foram ministrados por José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838). Em razão de seus estudos primordiais, este personagem ficou conhecido como o patriarca dos químicos, nascido em Santos (Brasil), estudou mineralogia na Academia de Minas de Freiberg.

Em 1791, José Bonifácio frequentou o curso de Mineralogia e Química em Paris. Dentre seus principais trabalhos estão:

“Memória sobre os diamantes do Brasil”, publicado em 1792 no periódico Annales de Chimie de Paris.

Descrição de quatro novos minerais no ano de 1800, no Allgemeines Journal der Chimie. Os minerais Petalita, Espodumênio, Escapolita e a Criolita foram descobertos por José Bonifácio de Andrada e Silva.

Em 1819, Bonifácio retornou à sua terra de origem, a partir deste período se dedicou à política brasileira, mais precisamente no ano de 1822. Este cientista se tornou ainda um dos principais personagens na luta pela Independência do Brasil.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
José Bonifácio (1763-1838)
José Bonifácio (1763-1838)

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "José Bonifácio, o patriarca dos Químicos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/jose-bonifacio-patriarca-dos-quimicos.htm. Acesso em 07 de agosto de 2020.