Guerra Sino-Japonesa

Guerras

PUBLICIDADE
Assim como a maioria das guerras da história, que várias vezes tiveram seu início provocadas principalmente por expansão e ocupação territorial, a Guerra Sino-japonesa não foge a regra, essa foi um confronto entre Japão e China, com interesse recíproco de poder atuar no controle da Coréia. Para imposição de seu poder, o Japão militarmente superior a China, materializou essa superioridade derrotando completamente as tropas chinesas (Marinha e Exército). Com essa vitória o Japão reflete para os ocidentais o seu poder, e isso o fez ser visto na Europa como uma potência.


O conflito teve início em agosto de 1894, os chineses lançaram bombas sobre as embarcações japonesas, a resposta foi imediata, o Japão contra-atacou e derrotou o inimigo. Em 1895, o Japão promoveu uma invasão a Manchúria e tomou o porto Arthur, começou a administrar o trânsito marítimo e terrestre que dava acesso a Pequim.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


O conflito teve seu início firmado ainda no ano de 1895, através da instauração do tratado de Shimonosek, esse tratado impõe ao derrotado (China) a obrigação de reconhecimento da independência coreana, além de ter que pagar uma espécie de indenização proveniente da guerra contra o Japão, entregar territórios e promover a abertura de quatro portos para o desenvolvimento do comércio japonês.
O Japão, vencedor, ganhou o direito de ocupar Porto Arthur.

Século XVI a XIX - Guerras - Brasil Escola

A localização do conflito
A localização do conflito

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Guerra Sino-Japonesa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/guerra-sinojaponesa.htm. Acesso em 28 de novembro de 2020.