Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Guerra dos Seis Dias

Moshe Dayan, o líder militar que coordenou os ataques israelitas na Guerra dos Seis Dias
Moshe Dayan, o líder militar que coordenou os ataques israelitas na Guerra dos Seis Dias
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Aos fins da década de 1960, as tensões entre Israel, Síria e Egito marcariam o desenvolvimento de um novo conflito no Oriente Médio. Tudo começou com a circulação de rumores de que as forças israelenses arquitetavam uma nova série de invasões com objetivos expansionistas. Nesse meio tempo, o governo sírio começou a dar apoio aos grupos de guerrilheiros palestinos e o governo egípcio, por sua vez, deslocou um conjunto de tropas para bloquear o Estreito de Tirã – um importante acesso de Israel para o Oceano Índico.

Em maio de 1967, os ânimos entre os países envolvidos se acirraram ainda mais quando Síria, Jordânia e Egito firmaram um acordo militar de defesa mútua que logo deixou o governo de Israel em alerta. A tensão serviu para que as tropas de Israel realizassem o primeiro ataque, mesmo sem nenhum tipo de investida realizada pelos países vizinhos. A superioridade bélica e o uso de armas pesadas foram de central importância para que, em territórios desérticos, a vitória israelense acontecesse.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A rápida vitória de Israel concedeu o domínio de várias regiões importantes. Entre os territórios mais importantes, destacamos a Faixa de Gaza, as Colinas de Golã, a Península do Sinai e a porção oriental da cidade de Jerusalém. Com isso, Jerusalém deixou de ser uma capital dividida entre judeus e árabes. Além disso, na porção da Faixa de Gaza, os israelenses começaram a montar assentamentos agrícolas em territórios que tinham vasta maioria de população palestina.

Mesmo com o grande sucesso das investidas de Israel, diversos especialistas consideraram essa guerra de natureza desastrosa para que a paz fosse alcançada entre os povos daquela região. Ao longo do tempo, essa impressão sobre o resultado da guerra se mostrou correto na medida em que as hostilidades entre judeus e palestinos continuaram a existir e outras guerras marcaram o Oriente Médio.


Por Rainer Gonçalves Sousa
Colaborador Brasil Escola
Graduado em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG
Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

COSTA, Keilla Renata. "Guerra dos Seis Dias"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/guerra-dos-seis-dias.htm. Acesso em 29 de junho de 2022.

De estudante para estudante


Como Hitler morreu?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Qual o estopim da Primeira Guerra Mundial?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

PUBLICIDADE

Estude agora


Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...

Viúva Negra: o contexto sociopolítico da criação da personagem

Uma das mais importantes peças dos Vingadores, a Viúva Negra (apresentada primeiramente na pele da personagem Natasha...