close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que tem peso no espaço?

Por que astronautas flutuam no espaço?
Por que astronautas flutuam no espaço?
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O peso é a força com que um corpo é atraído pela Terra. Se no espaço não existe ação gravitacional da Terra, como medir o peso das coisas? É simples, no espaço nada tem peso e por isso os astronautas flutuam, o que não quer dizer que ele perde sua massa.

A massa é a medida da quantidade de matéria que um objeto contém. Peso é o produto da massa pela ação da gravidade, portanto, peso e massa se relacionam, são grandezas proporcionais. Quanto maior a força da gravidade, maior será o peso. Mas no espaço é um pouco diferente, a massa permanece inalterada e o peso é inexistente (em razão da falta de gravidade).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para se pesar algo no espaço é preciso recorrer a um dispositivo que funcione independentemente da gravidade, o equilíbrio da inércia. Baseando-se no fato de que, quanto maior a massa de uma pessoa mais difícil será movimentá-la, os astronautas são submetidos a um equipamento que os sacode para frente e para trás. A força necessária para mover o astronauta corresponde ao equilíbrio da inércia e, consequentemente, ao peso de seu corpo.

O peso encontrado através desse procedimento é o peso equivalente na Terra.

Por Líria Alves
Equipe Brasil Escola
 

Curiosidades - Brasil Escola
 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "O que tem peso no espaço? "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/o-que-tem-peso-no-espaco.htm. Acesso em 26 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Videoaulas


Estude agora


Raiz quadrada aproximada

Neste vídeo vamos mostrar duas formas de fazer raiz quadrada aproximada de um número: uma por meio de testes não...

Teoria dos ídolos, de Francis Bacon

O filósofo moderno Francis Bacon, pela teoria dos ídolos, inovou ao cobrar um posicionamento que fugisse do antigo...