close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Urbanização do Centro-Oeste

A urbanização do Centro-Oeste aconteceu de forma rápida, o que intensificou alguns problemas sociais.

Agricultura mecanizada
Agricultura mecanizada
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A abertura das fronteiras econômicas na Região Centro-Oeste facilitou a entrada de uma grande quantidade de migrantes, trabalhadores rurais que tinham como objetivo conseguir trabalho nas novas áreas de agricultura e pecuária.

A partir desse fato, alguns migrantes compraram e outros tomaram posse de Terras dando origem a diversas propriedades rurais de pequeno e médio porte, geralmente com poucas tecnologias, isso significa que era desenvolvida a agropecuária tradicional, mão-de-obra praticada pela família que cultivava produtos da base alimentar como o arroz, milho e feijão.

Algum tempo depois ocorreu o processo de expropriação dos pequenos e médios proprietários, o fato é explicado, pois grandes latifundiários e grupos empresariais iniciaram a compra de grandes extensões de terras promovendo a concentração fundiária.

Como conseqüência, a região hoje é uma das que apresenta grande incidência de concentração de terras no Brasil. Outro resultado desse processo foi a falta de trabalho no campo, uma vez que grandes propriedades desenvolviam pecuária extensiva e outras a produção agrícola altamente mecanizada. A escassez de emprego levou milhares de pessoas às cidades próximas, ocasionando assim o fenômeno do êxodo rural.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O processo do êxodo rural ocorrido na Região Centro-Oeste resultou em um rápido crescimento da população que ocupou os centros urbanos e até mesmo fez surgir novas cidades. A chegada intensa da população do campo nas cidades fez com que essas ficassem saturadas em relação à quantidade de pessoas, desestabilizando a estrutura urbana.

Isso significa que, ao ocupar de forma rápida áreas que até então eram desabitadas, o governo não conseguiu disponibilizar a todos os serviços públicos, com isso a população passou a enfrentar uma série de problemas de caráter de infra-estrutura como a falta de saneamento, escolas, iluminação, pavimentação, policiamento entre outros.

O crescimento de bairros marginalizados nas grandes cidades da Região Centro-Oeste acontece porque a oferta de emprego é incapaz de absorver a quantidade de mão-de-obra derivada do campo.

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Urbanização do Centro-Oeste"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/urbanizacao-centrooeste.htm. Acesso em 27 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Estude agora


Mensagem | Análise literária

Assista à nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra “Mensagem”, poema épico do escritor português...

Estrela da vida inteira I Análise literária

Descrição do vídeo: Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra Estrela da vida inteira, do poeta...