Topo
pesquisar

Hsüan-yeh Kangxi

Biografia

PUBLICIDADE

Segundo imperador chinês da dinastia Qing nascido em Pequim ou Beijing, que expandiu as fronteiras da China até a Rússia, a Mongólia Exterior e o Tibet. Herdou o trono (1661) com a morte de seu pai, o imperador Shunzhi, assumindo-o efetivamente (1669) com a dispensa dos conselheiros que haviam governado em seu nome.

Eliminou três poderosos reis vassalos do sul do país (1681) e dois anos depois conseguiu dominar Taiwan (1683), que monopolizava as rotas marítimas comerciais na região. Avançando para o norte (1689), obrigou o czar da Rússia, Pedro I, a firmar um tratado que assegurava vastos territórios à China. Também estendeu suas conquistas à Mongólia Exterior (1696) e incorporou o Tibet ao império (1720).

Internamente desenvolveu uma brilhante carreira de homem de estado e foi excelente administrador. Aberto às influências ocidentais, permitiu a atividade dos missionários cristãos no império e prestigiou o desenvolvimento cultural, patrocinando essencialmente a publicação de gramáticas e livros sobre geografia, além de duas monumentais enciclopédias sobre a cultura chinesa e morreu em Ch'ang ch'un-yüan.

Fonte: Biografias - Unidade Acadêmica de Engenharia Civil / UFCG   

Ordem K - Biografia - Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

COSTA, Keilla Renata. "Hsüan-yeh Kangxi"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/kang-hsi.htm. Acesso em 14 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola