Topo
pesquisar

Fernando Álvarez de Toledo y Pimentel

Biografia

PUBLICIDADE

Nobre e notável chefe militar castelhano nascido em Piedrahita, província de Ávila, Espanha, cuja intensa e histórica atividade militar ficou associada uma imagem de crueldade e intolerância religiosa. Distinguiu-se no sítio de Fuenterrabía (1524), onde os espanhóis derrotaram os franceses, derrotou os príncipes alemães da Liga Schmalkalden (1546-1547). Sua vitória em Mühlberg levou o imperador Carlos V ao auge de seu poder. Foi nomeado comandante das forças imperiais na Itália (1552) e, após a sucessão de Filipe II da Espanha, tornou-se vice-rei de Nápoles (1556).

Enviado (1556) aos Países Baixos, no comando de um exército de dez mil homens, a fim de punir os rebeldes e extirpar a heresia, derrotou os geuzen, guerrilheiros calvinistas holandeses (1572), e repeliu as invasões comandadas por Luís de Nassau, a quem derrotou em Heminger (1568), e pelo príncipe Guilherme de Orange, a quem expulsou do Brabante (1568). Limitado pela falta de recursos, não conseguiu retomar aos geuzen todos os territórios ocupados e, denunciado por agir com extrema crueldade, foi chamado à Espanha (1573), Porém (1580) comandou a vitoriosa invasão de Portugal e Filipe II o nomeou Condestável de Portugal e lhe concedeu a Ordem do Tosão de Ouro. Morreu em Lisboa em 11 de dezembro (1582), precisamente dois anos depois de ser nomeado Condestável da nação lusa, como um exemplo dos valores da velha nobreza castelhana, orgulhosa e altiva, mas leal à coroa.

Fonte: Biografias - Unidade Acadêmica de Engenharia Civil / UFCG

Ordem F - Biografia - Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola