Topo
pesquisar

Ferdnand Gotthold Max Eisenstein

Biografia

PUBLICIDADE

Matemático e professor nascido e morto em Berlim, admirado por Gauss, com importante contribuição em estudos com números primos, apesar da sua breve existência. Filho dos judeus alemães Johan Konstantin Eisenstein e Helene Pollack, mas que trocaram o judaísmo pelo protestantismo. De frágil saúde foi estudar no Cauer Academy in Charlottenburg (1833), um distrito de Berlim, e depois entrou para o Friedrich Wilhelm Gymnasium (1837), em Berlim, onde começou a demonstrar seu talento para a matemático, dedicando-se a estudar o cálculo diferencial e integral de Euler e Lagrange. Passou a estudar com Dirichlet e outros matemáticos na Universidade de Berlim. Terminou seus estudos superiores (1842) e viajou com sua mãe para a Inglaterra para se encontrar com o pai, que para ali viajara anteriormente em busca de melhores condições de vida.

Em Dublin encontrou-se com Hamilton que lhe passou uma cópia de um paper de Abel sobre impossibilidade de solução para as equações quíntuplas. Retornou à Alemanha (1843) onde passou a ser orientado por Schellbach, na Universidade de Berlim (1843-1844). Apoiado por Alexander von Humboldt publicou 23 papers e dois problemas no Jornal de Crelle (1844). Viajou para Göttingen onde se encontrou com Gauss e tornou-se amigo de Moritz Stern e obteve através de Kummer o título de doutor honorário da Universidade de Breslaw (1845). Trabalhou em funções elípticas (1846-1847) numa disputa nada amigável com Jacobi. Tornou-se lecture (1847) da Universidade de Berlim. Apesar dos enormes problemas políticos internos do país e de seus próprios problemas de saúde, Gauss propôs seu nome para a Academia de Göttingen e ele foi eleito (1851). No ano seguinte (1852), através de um requerimento de Dirichlet, foi eleito para a Academia de Berlim. Infelizmente, vítima de tuberculose, morreu neste mesmo ano com apenas 29 anos de idade.

Fonte: Biografias - Unidade Acadêmica de Engenharia Civil / UFCG

Ordem F - Biografia - Brasil Escola

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola