Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Alexander Mikhailovich Prochorov

Alexander Mikhailovich Prochorov ganhadoar do Prêmio Nobel de Física (1934)
Alexander Mikhailovich Prochorov ganhadoar do Prêmio Nobel de Física (1934)
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Físico russo nascido em Atherton, Queensland, Austrália, pesquisador dos princípios do laser e ganhador do Prêmio Nobel de Física (1964), juntamente com Charles Townes e Nikolai Besov, pelo trabalho fundamental no campo da eletrônica quântica, o que conduziu à construção de osciladores e amplificadores baseados no princípio maser-laser. Após a Revolução sua família retornou a União Soviética (1923).

Entrou (1934) para o departamento de física da universidade estatal de Leningrado, onde trabalhou com os professores V.A. Fock (mecânica quântica e teoria da relatividade), S. E. Frish (física geral e espectroscopia) e E. K. Gross (física molecular). Graduou-se (1939) e pós-graduou-se no Instituto de Física P.N. Lebedev, Moscou, sob orientação de N. D. Papaleksi. onde iniciou seus estudos sobre problemas de propagação de ondas de rádio. Casou-se ( I941) com a geógrafa G. A. Shelepina, e ambos tiveram um só filho. Lutou (1941-1944) na II Guerra, onde foi ferido duas vezes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Demobilizado voltou como professor ao laboratório de oscilações do no Instituto de Física Lebedev, em Moscou, e passou a desenvolver os princípios do laser com Nikolai Basov. Passou a pesquisar oscilações não lineares sob orientação do Prof. S. M. Rytov, com quem defendeu uma tese (1946) com o nome em inglês de Theory of Stabilization of Frequency of a Tube Oscillator in the Theory of a Small Parameter.

No ano seguinte (1947), por sugestão do Prof. V. I. Veksler, passou a pesquisar radiações eletrônicas e o sincronismo de ondas e como resultado destas investigações defendeu sua tese de Ph.D. Coherent Radiation of Electrons in the Synchotron Accelerator (1951), quando já era assistente-chefe do laboratório (1950) e do qual se tornaria chefe (1954) e acelerou suas pesquisas em laser e espectroscopia. Professor da Universidade Estatal de Moscou e Vice-Presidente do URSI, morreu em Moscou, aos 86 anos.

Foto copiada do site da FUNDAÇÃO NOBEL
Escritor do artigo
Escrito por: Brasil Escola Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ESCOLA, Brasil. "Alexander Mikhailovich Prochorov"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/alexander-mikhailovich.htm. Acesso em 19 de abril de 2024.

De estudante para estudante