Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Adolfo Lutz

Selo do centenário de nascimento de Adolfo Lutz.[1]
Selo do centenário de nascimento de Adolfo Lutz.[1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Médico e sanitarista brasileiro nascido no Rio de Janeiro, RJ, lembrado pelos trabalhos pioneiros sobre doenças epidêmicas e endêmicas que assolavam o Brasil, como a cólera, febre amarela, febre tifóide e malária, e por suas pesquisas sobre a lepra e a ancilostomíase, deixando diversos trabalhos sobre entomologia médica, protozoologia e micologia.

Fez os cursos secundários e superior em Berna, na Suíça, e formou-se em medicina (1880). Freqüentou também as universidades de Viena, Leipzig, Praga, Paris, Londres e Hamburgo. Entre as instituições que dirigiu figuram o hospital Khalili, no Havaí, Estados Unidos, e o Instituto Bacteriológico de São Paulo, primeiro no gênero na América do Sul, que em sua homenagem passou a chamar-se Instituto Adolfo Lutz.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A convite de Osvaldo Cruz, assumiu (1908) a direção de um setor do Instituto de Patologia Experimental de Manguinhos, depois chamado Fundação Instituto Osvaldo Cruz, a Fiocruz, e permaneceu nesse cargo até a morte, no Rio de Janeiro. Na Fiocruz empreendeu pesquisas sobre entomologia médica, helmintologia e zoologia aplicadas à medicina tropical. Para estudar a malária e outras doenças infecciosas, fez expedições às florestas serranas do estado de São Paulo, ao rio São Francisco e ao Nordeste.

Crédito de imagem

[1] Mirt Alexander / Shutterstock

Escritor do artigo
Escrito por: Brasil Escola Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ESCOLA, Brasil. "Adolfo Lutz"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/adolfo-lutz.htm. Acesso em 19 de abril de 2024.

De estudante para estudante