Topo
pesquisar

Brucelose

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

A brucelose é uma zoonose, ou seja, é uma doença que pode ser transmitida dos animais ao ser humano e/ou do ser humano aos animais. É verificada mundialmente e já foi denominada como febre do mediterrâneo, febre ondulante, febre de Malta, febre de Gibraltar. Tem sido uma doença em permanente evolução desde 1887, quando foi identificada a espécie B, melitensis por Bruce.

Essa doença apresenta grande importância econômica e é causada por bactérias patogênicas que ocorrem principalmente em animais como bovinos, suínos, mamíferos marinhos e cães, dentre outros. São conhecidas várias espécies como Brucella abortus, Brucella melitensis, Brucella suis, Brucella canis. Nos cães, causa problemas relacionados aos órgãos reprodutores, gerando aborto, esterilidade, inflamação dos testículos e epidídimo, ocasionando a interrupção da reprodução animal. E como o ser humano possui um contato muito próximo com cães, a doença pode se estabelecer no homem causando infecções.

O período de incubação da brucelose é de duas a três semanas. As pessoas que adquirem a doença têm sintomas como febre intermitente, mal-estar, perda de peso, fadiga muscular, calafrios, sudorese, dor de cabeça severa, mialgias e artralgias, podendo aparecer sintomas como dores abdominais, diarreia e vômito e, em casos graves, endocardite, meningite, osteomielite, artrite, dentre outros. Os pacientes que se recuperam da brucelose apresentam certa resistência a crises subsequentes.

O contágio ocorre mais frequentemente pela ingestão ou inalação de aerossóis provenientes de secreções, mas ocorre também por contato direto de abrasões na pele ou até mesmo das mucosas nasal, conjuntiva e genital com animais infectados e ingestão de carnes ou produtos lácteos contaminados. O diagnóstico pode ser feito por meio da análise sanguínea, isolando a bactéria ou com amostras da medula óssea.

Em bovinos, a brucelose é considerada incurável e por isso ou é feito tratamento ou então o abate dos animais soropositivos. No homem, antimicrobianos são receitados pelo médico.

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:
A automedicação pode ter efeitos indesejados e imprevistos, pois o remédio errado não só não cura como pode piorar a saúde.
 

Por Giorgia Lay-Ang
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Brucelose"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/doencas/brucelose.htm>. Acesso em 29 de julho de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA