Topo
pesquisar

Tonoscopia

Química

PUBLICIDADE

Também denominada de Tonometria, esta propriedade coligativa estuda a diminuição da pressão máxima de vapor de um solvente causada pela adição de um soluto não-volátil. As propriedades coligativas são propriedades que se originam a partir da presença de um soluto não-volátil e um solvente.

A fórmula para o cálculo da Tonoscopia segue abaixo:

Δp = P2 – P, onde:

P = pressão de vapor da solução
P2 = pressão de vapor do solvente

Quando um líquido entra para o estado de vapor, estabelece novas interações, sendo que a quantidade de solvente presente nesta nova fase vai determinar a chamada pressão de vapor. A pressão de vapor de uma solução corresponde à quantidade de solvente na fase gasosa e existe uma relação entre o abaixamento da pressão máxima de vapor e o número de mols do soluto presente em uma solução. Levando em conta este conceito podemos estabelecer o seguinte:

Quanto maior for o número de mols do soluto não-volátil na solução, maior será o abaixamento da pressão máxima de vapor.

Sabe-se que toda solução tende a um equilíbrio, e este pode ser atingido se considerarmos a Lei de Raoult: a pressão de vapor de um solvente em uma solução é igual ao produto da pressão de vapor do líquido puro presente nesta solução, se considerarmos a fração molar do líquido. Veja a fórmula que permite calcular esse princípio:

p2 = p0 • x2

Onde:

p2 = pressão de vapor do líquido na solução
p0 = pressão de vapor no líquido puro
x2 = fração molar do líquido na solução

O cientista francês François Marie Raoult foi o responsável pelo estudo destas propriedades e chegou à fórmula acima.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Tonoscopia"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/tonoscopia.htm>. Acesso em 07 de dezembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA