Causas da diarreia

Causas da diarreia podem ser variadas, tais como doenças causadas por vírus, bactérias, protozoários e vermes, doença de Crohn, doença celíaca e câncer.

As causas da diarreia podem ser variadas, indo desde problemas mais simples, como intoxicações alimentares provocadas por bactérias ou vírus, até casos mais graves, como alguns tipos de cânceres. Assim sendo, é fundamental procurar um médico para que o diagnóstico correto seja feito.

A diarreia se caracteriza como um quadro marcado por evacuações líquidas e com alta frequência, ocorrendo mais de três vezes ao dia. Apesar de ser um problema muitas vezes ignorado, trata-se de uma condição grave que pode até mesmo levar uma pessoa à morte.

Leia mais: Náusea e vômito — dois fenômenos que podem estar associados com intoxicação alimentar

Resumo sobre causas da diarreia

Principais causas da diarreia

A diarreia pode ter diferentes causas, sendo algumas delas:

Mulher com uma mão encostada na região do estômago e a outra mão segurando um copo de leite
A intolerância à lactose pode provocar diarreia, náusea, gases, desconforto e dores abdominais.

Leia mais: Dicas para evitar intoxicação alimentar

O que é diarreia?

De acordo com o Ministério da Saúde, podemos definir a diarreia como um desarranjo do intestino, com aumento do número de evacuações e fezes amolecidas ou líquidas. Desse modo, podemos identificá-la analisando a frequência e consistência das nossas fezes.

Vale destacar que a diarreia pode vir acompanhada de outros sintomas a depender da causa do problema. Suor frio, cólicas, náuseas, vômito, sensação de esvaziamento incompleto do intestino e presença de sangue nas fezes são problemas que podem surgir acompanhando um quadro de diarreia.

A diarreia pode ser classificada em:

Caso queira saber mais sobre o tema deste tópico, leia nosso texto: Diarreia.

O que fazer em caso de diarreia?

A principal complicação da diarreia é a desidratação, sendo assim, o primeiro passo é hidratar-se, tomando sempre muita água, soro caseiro ou bebidas isotônicas. As bebidas isotônicas garantem que os sais minerais perdidos sejam repostos.

A alimentação deve seguir como de costume, entretanto, é interessante evitar alimentos gordurosos, frituras, leites e derivados, por exemplo. Além disso, prefira alimentos que controlem ou evitem a diarreia, como banana-prata ou banana-maçã, maçã sem casca, maracujá, suco de goiaba, caju ou limonada, cereais, legumes cozidos e carnes magras.

Muitas vezes, a diarreia cura-se sozinha, entretanto, em alguns casos, é necessária atenção redobrada. Ao perceber que a diarreia dura mais de três dias, por exemplo, é fundamental procurar um médico.

Também é importante verificar se há sangue ou muco nas fezes e se outros sintomas estão ocorrendo com o problema, como febre, cólicas e vômitos. Outro fator que requer atenção é se pessoa apresenta sintomas de desidratação, como diminuição da micção, sonolência e boca seca.

É possível se prevenir da diarreia?

Alguns tipos de diarreia podem ser prevenidos utilizando-se medidas bastante simples, tais como:

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/diarreia.htm