Vacinas que todas as crianças devem tomar

É importante conhecer as vacinas que todas as crianças devem tomar a fim de garantir a imunização na idade adequada e, assim, evitar doenças graves.

Para manter as crianças livres de doenças, é fundamental cuidar da alimentação e garantir hábitos saudáveis de vida. Além disso, é importante que a criança esteja com seu cartão de vacinação em dia, uma vez que as vacinas estimulam o sistema imunológico, o que garante a proteção contra doenças graves.

A seguir, listaremos as vacinas que devem ser tomadas na infância.


→ Ao nascer

Ao nascer, duas vacinas devem ser administradas: a BCG e uma dose da vacina contra hepatite B. A vacina BCG protege contra as formas graves de tuberculose, uma doença causada por uma bactéria (Mycobacterium tuberculosis) que afeta principalmente os pulmões.


→ Dois meses

Com dois meses de idade, é aplicada a primeira dose das vacinas:


→ Três meses

Com três meses, o bebê recebe a primeira dose da vacina meningocócica C (conjugada). Essa vacina protege contra a meningite e a meningococcemia, doenças causadas pelo meningococo C.


→ Quatro meses

Aos quatro meses, é aplicada a segunda dose das vacinas pentavalente, VIP, pneumocócica 10 V (conjugada) e rotavírus.


→ Cinco meses

O bebê deve receber a segunda dose da vacina meningocócica C (conjugada).


→ Seis meses

Com seis meses, é aplicada a terceira dose das vacinas pentavalente e VIP.


→ Nove meses

A criança deve receber a dose única da vacina contra a febre amarela. Essa doença viral é transmitida pela picada de mosquitos Aedes aegypti em cidades e por mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes nas matas.


→ Doze meses

Aos doze meses, é feito o reforço da vacina pneumocócica 10 V (conjugada) e da meningocócica C (conjugada). Também é aplicada a primeira dose da tríplice viral, uma vacina que garante a proteção contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.


→ Quinze meses

Com quinze meses, é preciso fazer o primeiro reforço da penta com DTP e o primeiro reforço da VIP com VOP. A DTP é uma vacina inativada que é usada no reforço e protege contra difteria, tétano e coqueluche. A VOP é uma vacina oral contra a poliomielite que atualmente é usada nos reforços. Nessa idade, também é administrada uma dose da vacina contra hepatite A e uma dose da tetraviral. A vacina tetraviral protege contra a varicela (catapora), sarampo, caxumba e rubéola.


→ Quatro anos

Quando a criança completa quatro anos, é feito o segundo reforço com DTP e com VOP.

Após os quatro anos, a criança só será vacinada na adolescência, com vacinas que se iniciam aos dez anos de idade.

Por Ma. Vanessa dos Santos


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/vacinas-que-todas-as-criancas-devem-tomar.htm