Grécia

Grécia, situada no sul da Europa, é um país montanhoso e formado por uma parcela continental e milhares de ilhas. Sua capital, Atenas, tem mais de três milhões de habitantes.

A Grécia é um país europeu localizado no sul da península dos Bálcãs, sendo banhado pelos mares Egeu, Mediterrâneo, Jônico e de Creta. Seu território de 132 mil km² de área inclui milhares de ilhas, sendo a maior delas a ilha de Creta. O país conta com mais de 10 milhões de habitantes, e a maioria dos quais está concentrada na região da capital, a cidade de Atenas. A economia grega é concentrada no setor terciário, cuja grande parcela componente do PIB é oriunda das atividades turísticas.

Leia também: Quais são os países da Europa?

Resumo sobre a Grécia

Dados gerais da Grécia

História da Grécia

A história da Grécia teve início com a formação de duas grandes civilizações que viveram no sul do país e na ilha de Creta, território grego. Foram elas as civilizações micênica e minoica (cretenses), que começaram a se formar por volta de 2000 a.C. e viveram na região até aproximadamente o ano 1100 a.C., o qual demarcou o fim do período chamado de Pré-Homérico, inaugurando a subdivisão da história grega denominada Grécia Antiga.

Os períodos subsequentes corresponderam ao intenso crescimento populacional e desenvolvimento da Grécia, com o surgimento de estruturas políticas e territoriais como as cidades-estado, entre elas Atenas e Esparta, e a difusão de sua cultura inicialmente no país e depois para outros territórios do Oriente.

Ao final do Período Helenístico, que demarcou o encerramento do período grego antigo, a Grécia estava sob o domínio romano. Esse não foi o único poder externo a avançar sobre o território grego, que, logo na sequência, foi surpreendido pelos otomanos a partir do século XV.

A independência da Grécia foi conquistada definitivamente no ano de 1829. A partir da segunda metade do século XIX, o país passou por um processo de expansão territorial, com a anexação de diversos territórios insulares e outras áreas da península Balcânica, o que incluiu confrontos diretos com outras nações, como a Turquia.

No século XX, a história grega foi marcada pelas invasões italiana e alemã durante a Segunda Guerra Mundial, seguido de conflitos internos no contexto da Guerra Fria. O final desse período foi marcado pelo ingresso do país na União Europeia e pelos conflitos sobre o domínio no território do Chipre.

Os problemas estruturais gregos somados a uma crise econômica de escala global penalizaram duramente a Grécia a partir do ano de 2009, e os efeitos disso, principalmente para a população, são observados até o presente.

Mapa da Grécia

Mapa da Grécia

Geografia da Grécia

A Grécia é um país europeu localizado no sul do continente, situando-se na parcela mais meridional da península dos Bálcãs e banhado pelos mares Jônico, Egeu, de Creta e Mediterrâneo, respectivamente a oeste, sul e leste. Faz fronteira ainda com a Albânia, a noroeste, com a Macedônia e Bulgária, ao norte, e com a Turquia, a leste. Tem como capital a cidade de Atenas.

Com 131.957 km² de superfície, o território grego é formado por mais de duas mil ilhas, sendo a maior delas a ilha de Creta, a sudeste de sua extensão continental.

O clima predominante na Grécia é o mediterrâneo, com variações locais. No geral, os invernos são úmidos e frios, com temperaturas que variam de 6 ºC a 12 ºC, assim como há volumes de chuva distintos, maiores nas ilhas mediterrâneas do que no continente. Os verões são quentes e secos, com médias de 27 ºC e máximas que chegam a superar os 38 ºC, agravando os riscos de incêndios florestais.

Formado por um substrato relativamente jovem, o relevo da Grécia é composto em sua maioria por cadeias montanhosas e planaltos, o que inclui os territórios insulares. Além das terras elevadas, observa-se a presença das planícies costeiras e a formação de extensas baías ou enseadas na sua faixa litorânea.

A elevação média dos terrenos no país é de 498 metros, enquanto o ponto mais elevado, o monte Olimpo, está situado a 2917 metros acima do nível do mar.

Monte Olimpo, na Grécia.
Fica no monte Olimpo o pico mais elevado da Grécia.

A vegetação da Grécia se distribui no território de forma heterogênea. Ao norte do país, é predominante a presença de florestas temperadas e mediterrâneas. À medida que se caminha para o sul e nos territórios insulares, observa-se a presença de bosques e campos formados por plantas de médio porte e arbustivas.

O território grego é drenado por um conjunto de rios geralmente curtos e que, em sua maioria, não são navegáveis devido à complexidade do relevo do país. O maior curso d’água é o rio Maritsa, que percorre 481 km, na fronteira com a Bulgária e a Turquia. Outros grandes rios são igualmente compartilhados com territórios vizinhos, como o Struma, Vadar e Arda.

Leia também: Mapa da Europa — a representação cartográfica do continente europeu

Demografia da Grécia

A Grécia é o terceiro país mais populoso do sul da Europa, reunindo 10.423.000 de habitantes, conforme os dados das Nações Unidas. Embora tenha um grande contingente populacional, o território grego é pouco povoado, com densidade demográfica de 80,9 hab./km². A maior parte dos gregos vive na região sul do país, e algumas de suas ilhas se encontram inabitadas.

A capital, Atenas, é a maior cidade da Grécia, com 3.154.200 habitantes. No total, 80% da população grega vivem em áreas urbanas, sendo por isso considerado um país urbanizado. Além de Atenas, Tessalônica é outra importante cidade grega e reúne mais de 800 mil habitantes na região norte do país, com saída para o mar Egeu. Atualmente, entretanto, é bastante lento o crescimento das cidades gregas, com taxa de 0,11% ao ano.

Um fenômeno demográfico atualmente em curso na Grécia é o encolhimento de sua população. O país é um dos que menos crescem no mundo, com taxas negativas de -0,4% ao ano. Isso se deve à alta taxa de mortalidade (14ª maior em escala mundial) e à baixíssima taxa de natalidade, resultando no baixo crescimento vegetativo da população. Outra consequência disso é a elevada idade mediana dos habitantes do país, que hoje é de 45,3 anos. A expectativa de vida ao nascer na Grécia é de 81,28 anos.

Acrópole de Atenas, Grécia, com o Templo Parthenon durante o pôr do sol.
Uma das mais famosas paisagens da capital grega, com a vista da Acrópole. A cidade é a maior da Grécia.

Economia da Grécia

A Grécia possui um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 209,86 bilhões, de acordo com as informações do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2021. Esse total é quase a metade do tamanho da economia do país em 2008, ano em que uma grave crise econômica foi deflagrada internacionalmente e cujos efeitos se propagaram pelos países da União Europeia. A Grécia foi uma das nações afetadas. Além das medidas de contenção de gastos levadas a cabo pelo governo grego, o país buscou auxílio no FMI. Atualmente, a economia grega cresce cerca de 1,9% ao ano.

A administração pública e outras atividades do setor terciário respondem pela maior parcela do PIB do país, contabilizando quase 80%. O turismo é uma importante fonte de arrecadação para a Grécia, que registrou entre 25 e 30 milhões de entradas de visitantes e turistas nos últimos anos, correspondendo a uma fatia de 18% do PIB grego.

Arquitetura branca na ilha de Santorini, na Grécia.
As belas construções litorâneas, ruínas históricas e paisagens naturais do interior do país são grandes atrativos turísticos da Grécia.

O setor secundário responde por 12% do PIB grego, em que têm destaque o processamento de tabaco e alimentos e as indústrias têxtil, petroquímica e mineradora. Já a atividade agropecuária é responsável por 4,1% da economia da Grécia mediante a produção de trigo, milho, azeitonas — que consiste na terceira maior produção da Europa —, frutas como pêssego, laranja, uva, além de leites.

Confira no nosso podcast: Países mais e menos ricos do mundo

Cultura da Grécia

A Grécia é um país que dispõe de uma tradição cultural muito antiga e amplamente reconhecida e admirada em todo o mundo, notadamente quando se trata das artes como teatro, literatura, artes plásticas e também a arquitetura. Seus costumes e tradições influenciaram enormemente a composição da cultura europeia e ocidental de modo geral, com grande adoção de seus princípios filosóficos e sistemas políticos derivados da Grécia Antiga. Trata-se também do local de origem dos Jogos Olímpicos.

O grego é, além do idioma oficial do país, a língua predominante na Grécia, falada por 99% da população, que também é de maioria grega. Somente 1% dos habitantes é falante de outros idiomas, incluindo inglês e francês.

A religião com maior número de adeptos é a grega ortodoxa (90%), seguida do islamismo (2%). Na culinária, a Grécia apresenta pratos tradicionais compostos por ingredientes tipicamente mediterrâneos. Entre eles estão a salada grega e a moussaka, uma espécie de lasanha feita à base de berinjela (sem massa) e carne.

Infraestrutura da Grécia

A rede de infraestrutura urbana da Grécia, que inclui os serviços de esgoto, abastecimento energético e fornecimento de água potável, abrange a totalidade de sua população (moradores do campo e da cidade). O país dispõe ainda de uma ampla rede de estradas (117 mil km), ferrovias e aeroportos que são responsáveis pelos deslocamentos tanto internos quanto para outros territórios. Ficam na região metropolitana de Atenas os principais aeroportos e portos mercantes da Grécia.

Não obstante a ampla cobertura infraestrutural, o cenário instalado com as recentes crises econômicas, que condicionaram um elevado índice de desemprego (20º em escala mundial), fez com que a qualidade de vida no país ficasse abaixo dos níveis registrados para outras nações que integram a OCDE em quesitos como salário e emprego. O destaque positivo fica com o setor de saúde, ao qual são destinados 7,7% do PIB nacional.

Governo da Grécia

O sistema de governo em vigência na Grécia é o republicano parlamentarista, do qual deriva a denominação República Helênica. O chefe de Estado é o presidente da república, eleito pelos membros do parlamento (Parlamento Helênico) a cada cinco anos.

O chefe de governo, por sua vez, é o primeiro-ministro, que compõe o Parlamento com um corpo de ministros e deputados, estes últimos eleitos pela população grega mediante o voto a cada quatro anos.

Curiosidades sobre a Grécia

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/geografia/grecia.htm