Solstício

O solstício é um fenômeno ocasionado pela movimento de translação da Terra e tem início em 21 de dezembro e em 21 de junho.

Solstícios são fenômenos que ocorrem em razão do movimento de translação do planeta. Esse movimento gera consequências diretas nas nossas atividades cotidianas, como a ocorrência dos solstícios e equinócios.

O solstício ocorre em uma época do ano em que um hemisfério recebe mais luz solar do que o outro, devido ao ângulo de inclinação que a Terra possui em relação ao seu eixo. Com essa diferença de incidência de raios solares, o dia fica mais longo do que a noite quando o solstício de verão ocorre ou, então, a noite fica mais longa, na ocorrência do solstício de inverno.

Leia também: Solstícios e equinócios – diferenças, consequências, datas

O que é solstício?

A Terra tem um ângulo de inclinação de 23º27’ em seu eixo. Essa inclinação, combinada com a translação, tem como resultado uma diferença na insolação (incidência de raios solares no planeta) em alguns dias do ano quando comparamos os Hemisférios Norte e Sul.

A inclinação da Terra gera diferentes insolações em algumas épocas do ano. Na imagem, vemos como ocorre o Solstício.
A inclinação da Terra gera diferentes insolações em algumas épocas do ano. Na imagem, vemos como ocorre o Solstício.

Essa diferença equivale ao tempo em que o Sol se afasta da Linha do Equador, gerando dias maiores e noites menores nos hemisférios. Aproximadamente no dia 21 de dezembro, tem-se o dia mais longo do Hemisfério Sul, além do início do verão. Os raios solares incidem sobre o Trópico de Capricórnio, tornando o sul mais iluminado. No Hemisfério Norte, ocorre o contrário, com o início do inverno e o dia mais curto do ano.

O mesmo fato inverte-se nos dois hemisférios no dia 21 de junho, quando os raios solares incidem sobre o Trópico de Câncer: é o dia mais longo no norte e o dia mais curto no sul.

Quando temos solstício de verão no Hemisfério Sul, com o dia mais longo do ano, no Hemisfério Norte, há a noite mais longa do ano, pois há menor incidência de raios solares nessa área do globo. Essa situação é alterada quando há o solstício de inverno no Hemisfério Sul, com o dia mais longo no norte e a noite mais longa no sul.

Leia também: Horário de verão – medida que busca aproveitar ao máximo a luz solar

Solstício de verão e de inverno

Com a movimentação em torno do Sol, o planeta possui quatro estações do ano, durando, aproximadamente, três meses cada uma. Além disso, como consequência dessa órbita constante, os Hemisférios Norte e Sul possuem estações opostas. Se na França (Hemisfério Norte) for outono, por exemplo, aqui no Brasil (Hemisfério Sul) será primavera, e vice-versa.

Veja quando ocorre o solstício de verão e de inverno nos hemisférios:

21 de junho:

21 de dezembro:

Veja também: Sistema Solar – tudo sobre o sistema que tem o Sol como seu maior componente

O que é equinócio?

Em virtude do ângulo de inclinação da Terra em relação ao Sol, a iluminação solar não atinge todas as regiões de forma igual. Dessa forma, algumas áreas recebem mais luz solar (áreas próximas à Linha do Equador) e outras menos (os polos do planeta).

Nos dias 21 de março e 23 de setembro (início da primavera ou outono nos hemisférios), o planeta passa a receber raios solares de forma perpendicular na Linha do Equador. Com isso, dias e noites passam a ter praticamente a mesma duração. Tal fenômeno é chamado de equinócio de primavera ou equinócio de outono, dependendo do hemisfério e do período em que acontece.

Representação da órbita terrestre, com as diferentes insolações de acordo com a posição do planeta.
Representação da órbita terrestre, com as diferentes insolações de acordo com a posição do planeta.

Veja quando ocorre o equinócio de primavera e de outono nos hemisférios:

21 de março:

23 de setembro:

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (UEG) Durante a trajetória da Terra em torno do Sol, só há duas ocasiões em que os dois hemisférios são igualmente iluminados pela energia solar. Esse período do ano é conhecido como:

a) equinócio.

b) solstício.

c) afélio.

d) periélio.

e) veranico.

Resolução

Alternativa “a”. O momento em que os dois hemisférios são iluminados de forma igual é chamado de equinócio.

Questão 2 - Observe a reportagem turística abaixo, que descreve um festival de música que ocorre na Islândia.

E pra quem gosta de viajar além da natureza, a capital da Islândia tem um festival anual de música durante o verão, o Secret Solstice. O festival acontece durante o solstício de verão, quando acontece o fenômeno do Sol da Meia Noite, em que o Sol pode ser visto 24h por dias. O Secret Solstice dura três dias em junho e o Sol nunca se põe.”

Esse festival ocorre em um momento em que a Terra está:

a) mais afastada do sol, gerando diferenças de insolação nos hemisférios leste e oeste.

b) mais próxima do sol, o que faz dias e noites serem iguais nos hemisférios norte e sul.

c) no solstício de verão, quando, no verão do Hemisfério Norte, há maior incidência de luz solar nesse hemisfério.

d) no processo conhecido como efeito estufa, armazenando maior iluminação solar no planeta.

e) no equinócio de verão, o que resulta em dias mais longos que as noites.

Resolução

Alternativa “c”. O Sol da Meia-Noite é um evento comum nos polos do planeta durante o verão. Ele acontece devido à inclinação da Terra, fazendo com que a luz solar incida quase perpendicularmente nos polos. Entre outubro e março, o Sol da Meia-Noite pode ocorrer no Hemisfério Sul. Já entre os meses de abril a setembro, o mesmo fenômeno pode acontecer no Hemisfério Norte. Os solstícios acontecem em junho e dezembro.

 

Por Átila Matias
Professor de Geografia


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/geografia/solsticio.htm