Signos de puntuación

Os sinais de pontuação em espanhol indicam pausas, entonação e organizam o discurso, além de sinalizarem alterações em enunciados.

Os sinais de pontuação (signos de puntuación) em espanhol são parte dos signos ortográficos (sinais ortográficos), os quais se subdividem em signos de puntuación e signos auxiliares.

Os signos de puntuación têm a função de marcar a entonação e as pausas para a correta leitura de enunciados; organizar o discurso e seus diferentes elementos para facilitar sua compreensão; evitar ambiguidades em textos que, sem seu emprego, poderiam ter diferentes interpretações; e marcar o caráter especial de alguns fragmentos de textos, como citações, incisos e intervenções de diferentes interlocutores em um diálogo.

Por sua vez, os signos auxiliares têm funções como marcar sílaba tônica e separar ou expressar relações entre palavras. Neste artigo, daremos atenção a todos os sinais de pontuação e alguns sinais auxiliares com funções semelhantes às dos sinais de pontuação.

Os sinais de pontuação em espanhol são:

Já os signos auxiliares em espanhol são:

Leia também: Acentuación — quais são as regras para realizar a acentuação em espanhol?

Regras de uso dos sinais de pontuação em espanhol

Indica uma pausa ao final de um enunciado, um parágrafo ou um texto. Quando empregado para separar enunciados de um mesmo parágrafo, é chamado de punto y seguido. Se é empregado ao final de um parágrafo para iniciar outro, é denominado punto y aparte. Se usado ao final de um texto ou de uma divisão importante deste, é chamado de punto final.

María dice que llega a las dos. Su marido la espera en el salón.

(Maria disse que chega às duas. Seu marido a espera na sala.)

A vírgula é usada nos seguintes casos:

a) Em orações adjetivas explicativas ou em qualquer explicação ou esclarecimento inserido em uma oração:

Tiago, que es hermano de Adriana, acaba de llegar.

(Tiago, que é irmão de Adriana, acaba de chegar.)

Todos en el grupo, incluidos los que siempre llevaban la contraria, estaban a favor.

(Todos no grupo, incluídos os que sempre discordavam, estavam a favor.)

b) Em orações de caráter acessório, ou seja, que não têm vínculo sintático com os elementos do enunciado:

La tarta de María, ¡qué delicia!

(A torta da María, que delícia!)

c) Para separar ou isolar elementos ou orações dentro de um mesmo enunciado:

Me compré dos camisetas, tres pantalones, un vestido y unos shorts.

(Comprei duas camisetas, três calças, um vestido e um short.)

d) Para separar a oração principal da oração subordinada, quando esta vem primeiro:

Si sales antes de mí, cierra la puerta. / Cierra la puerta si sales antes de mí.

Se você sair antes de mim, feche a porta. / Feche a porta se você sair antes de mim.

e) Para separar elementos gramaticalmente equivalentes em um mesmo enunciado:

Llegué, vi, vencí.

(Vim, vi, venci.)

f) Para isolar o vocativo:

Juana, prende la luz.

(Juana, acende a luz.)

g) As interjeições ou locuções interjetivas são escritas entre vírgulas também:

Bah, qué difícil esta situación.

(Bah / Caramba, que difícil essa situação.)

h) Para separar o sujeito dos complementos verbais quando o verbo está em elipse (oculto):

La hija mayor tiene 14 años; la menor, 12.

(A filha mais velha tem 14 anos; a menor, 12.)

i) Em orações com conjunções distributivas (bien… bien; ya… ya):

Vamos a hacer algo, bien en tu casa, bien en la mía.

(Vamos fazer algo, na sua casa ou na minha.)

Algumas conjunções exigem o uso da vírgula, como é o caso de pero (mas), que deve ser precedido de vírgula, e sin embargo (no entanto, entretanto), que deve ser seguido de vírgula.

La llamé, pero no me contestó.

(Liguei para ela, mas ela não atendeu.)

La crisis está disminuyendo; sin embargo, aun no se puede hablar en estabilidad.

(A crise está diminuindo; no entanto, ainda não se pode falar em estabilidade.)

j) Ao princípio de uma carta, para separar o nome do local da data:

San Juan, 4 de mayo de 2022.

(San Juan, 4 de maio de 2022.)

k) Com algumas locuções adverbiais ou elementos circunstanciais que sejam longos:

En la primera semana de mayo, fuimos a visitar a mamá.

(Na primeira semana de maio, fomos visitar a mamãe.)

En aquella casa de tejado amarillo, vivimos hasta los cinco años.

(Naquela casa de telhado amarelo, vivemos até os cinco anos.)

Esse sinal de pontuação indica uma pausa maior que a vírgula e menor que o ponto. É usado para:

a) Separar elementos de uma enumeração que inclui expressões separadas por vírgula:

Estaban presentes en el evento la profesora del instituto, María González; el presidente de la asociación, Pedro Maldonado; y el coordinador, Marcelo Balenciaga.

(Estavam presentes no evento a professora da escola, María González; o presidente da associação, Pedro Maldonado; e o coordenador, Marcelo Balenciaga.)

b) Para separar orações independentes, mas que quem escreve considera que têm um vínculo sólido:

Todos a casa; ya no hay más qué ver aquí.

(Todos para casa; já não há mais o que ver aqui.)

Nesse caso, também pode-se usar o punto y seguido ou dos puntos. Tudo depende de quem escreve.

c) Depois de cada elemento de uma lista escrita em linhas independentes, sendo que o último é encerrado com ponto:

Verbos en pasado de indicativo en español:

(Verbos no pretérito do indicativo em espanhol:)

pretérito perfecto;

pretérito indefinido;

pretérito imperfecto;

pretérito pluscuamperfecto.

Os dois pontos servem para chamar a atenção para o que o segue. São usados:

a) Diante de uma enumeração:

Traje todo lo que me encargaste del súper: arroz, frijoles, harina y verduras.

(Trouxe tudo o que você pediu do supermercado: arroz, feijão, farinha e verduras.)

b) Diante de citações:

María me dijo: “No se te olvide traer tus apuntes.”

(Maria me disse: “Não se esqueça de trazer suas anotações.”)

c) Depois de saudações em cartas e documentos:

Estimado profesor:

(Prezado professor:)

d) Marca uma pausa enfática depois de locuções introdutórias como a saber (a saber), ahora bien (contudo), pues bien (pois bem), esto es (isso é), dicho de otro modo (dito de outra maneira), en otras palabras (em outras palavras), más aún (mais ainda; ainda mais):

¿Recuerda que Alejandra se había mudado de Bolivia? Pues bien: ya regresó a La Paz.

(Lembra que a Alejandra tinha se mudado da Bolívia? Pois bem: já voltou para La Paz.)

As reticências são usadas para:

a) Para indicar a interrupção voluntária de um enunciado que pode ser subentendido pelo destinatário:

Ya conoces el refrán: más vale pájaro en mano…

(Você já conhece o ditado: melhor um pássaro na mão…)

b) Para indicar dúvida, incerteza ou suspense:

Aprobé en dos buenas universidades y no sé cuál elegir…

(Passei em duas universidades boas e não sei qual escolher…)

Si yo te contara lo que le pasó a Juan…

(Se eu te contasse o que aconteceu com o Juan…)

De repente, se abrió la puerta…

(De repente, a porta se abriu…)

c) Para evitar repetir títulos longos de obras que serão mencionadas mais de uma vez:

El cuento La increíble y triste historia de la cándida Eréndira y su abuela desalmada fue escrito por Gabriel García Márquez. Los personajes de La increíble y triste… son muy complejos.

(O conto “A incrível e triste história da cândida Erêndira e sua avó desalmada” foi escrito por Gabriel García Márquez. As personagens do conto “A incrível e triste…” são muito complexas.)

d) Entre parênteses ou colchetes em citações textuais, os puntos suspensivos indicam que parte do texto foi suprimida:

La abuela se protegía del sol eterno con un paraguas descosido y respiraba mal por la tortura del sudor y el polvo. [...] Detrás de la pila de latas y sacos de arroz, Eréndira pagó el viaje.” (MÁRQUEZ, 1972, p. 7).

(A avó se protegia do sol eterno com um guarda-chuva descosturado e respirava mal por conta da tortura do suor e da poeira. […] Atrás da pilha de latas e sacos de arroz, Erêndira pagou a viagem.)

e) Ao final de uma enumeração, os puntos suspensivos indicam que a lista poderia continuar:

Podemos ir al centro comercial y hacer algo: ir al cine, comer…

(Podemos ir ao shopping e fazer algo: ir ao cinema, comer…)

São usados para:

a) Intercalar elementos ou comentários explicativos:

Su madre (que era médica) estaba de guardia.

(Sua mãe (que era médica) estava de plantão.)

b) Para introduzir opções em um texto:

Se busca chico(a) que sepa tocar la guitarra.

(Busca-se garoto(a) que saiba tocar violão.)

c) Em citações textuais, usa-se três pontos entre paréntesis para indicar que houve supressão de parte do texto. Neste caso, também pode-se usar colchetes.

La abuela se protegía del sol eterno con un paraguas descosido y respiraba mal por la tortura del sudor y el polvo. (...) Detrás de la pila de latas y sacos de arroz, Eréndira pagó el viaje.” (MÁRQUEZ, 1972, p. 7).

(A avó se protegia do sol eterno com um guarda-chuva descosturado e respirava mal por conta da tortura do suor e da poeira. (...) Atrás da pilha de latas e sacos de arroz, Erêndira pagou a viagem.)

É usado para:

a) Delimitar esclarecimentos:

Su madre — que era médica — estaba de guardia.

(Sua mãe que era médica estava de plantão.)

b) Introduzir falas em diálogos:

¿Dónde están mis pantalones rojos? — dijo Camila.

( Onde estão minhas calças vermelhas? disse Camila.)

A principal função das comillas (aspas) é indicar a reprodução de palavras que não são nossas, seja em obras literárias ou em diálogos.

Qué día tan lindo…”, pensaba Camila mientras caminaba.

(“Que dia tão bonito…”, pensava Camila enquanto caminhava.)

Também podem ser usadas para indicar que as palavras estão sendo usadas de maneira irônica ou que têm sentido impróprio ou vulgar.

Los “negocios” de Camila le van muy bien.

(Os “negócios” da Camila vão muito bem.)

Esses sinais delimitam frases interrogativas e exclamativas, respectivamente. Em espanhol, é obrigatório usar os sinais de abertura (¿ ¡) exatamente onde começa a pergunta ou a exclamação, mesmo que no interior da frase:

Si no te gusta, ¿por qué estás con él?

(Se você não gosta dele, por que está com ele?)

¡Qué felicidad!

(Que felicidade!)

São usados nos seguintes casos:

a) Dentro de enunciados entre parênteses nos quais é necessário introduzir alguma nota esclarecedora. Também em fórmulas matemáticas:

Cervantes (nacido en el siglo XVI [1547]) fue un gran escritor español.

(Cervantes (nascido no século XVI [1547]) foi um grande escritor espanhol.

b) Em livros de poesia, usa-se colchete para indicar que as últimas palavras de um verso não couberam na mesma linha:

Ah nada puedo decir! Era hecha de todas

[las cosas.

Ah nada posso dizer! Era feita de todas

[as coisas. (NERUDA, 2012, p. 33)

c) Em linguística, os colchetes são usados para indicar a transcrição fonética de uma palavra:

llave ['ʎaβe]

chave ['ʃavi]

Com relação aos signos auxiliares, podemos destacar o seguinte:

É usado para:

a) Introduzir uma chamada para uma nota de pé de página.

b) Indicar que uma construção é agramatical, ou seja, impossível de ser reproduzida em uma língua:

Este objeto es muy guapo.* (Não se usa a palavra guapo para objetos em espanhol.)

a) Substitui uma preposição:

km/h (kilómetro por hora) (quilômetro por hora)

decreto 1/95 (primer decreto de 1995) (primeiro decreto de 1995)

salario 7000 pesos/mes (= pesos al mes) (pesos ao mês)

b) Entre duas palavras ou destacando um morfema, indica que há duas opções:

Querida/o amiga/o

(Querida/o amiga/o)

c) Em datas, para separar dia, mês e ano: 04/05/2022

d) Em linguística, é usado para separar transcrições fonológicas, ou seja, os sons de uma língua:

La palabra caza puede ser pronunciada como /kaθa/ o /kasa/.

(A palavra caza pode ser pronunciada como /kaθa/ ou /kasa/.)

O hífen pode ser usado para unir palavras ou para indicar um espaço compreendido entre números:

Técnico-administrativo.

Las páginas 30-75. (de 30 a 75)

É usada principalmente em quadros sinópticos ou esquemas que abarcam vários elementos.

Em textos literários, indica a supressão de uma vogal final em algumas palavras. Na escrita, também indica a supressão de sons produzidos na língua oral:

Mi’ja — mi hija (minha filha)

P’allá — para allá (para lá)

¡OJO! A palavra apóstrofe, em espanhol, significa invocação veemente ou insulto. Trata-se de um falso cognato.

Leia também: Os porquês em espanhol — quais são e como usá-los?

Exercícios resolvidos sobre sinais de pontuação em espanhol

Questão 01

Completa las frases com los signos de puntuación adecuados:

a) ___ Bienvenidos al español ____

b) ___ Cómo se dice “cadeira” en español ____

c) Me llamo Soledad___

d) Hice una lista de lo que tengo que comprar___ unos guantes nuevos, una bufanda y una bota.

e) La chica nueva ___ que vino de Argentina ___ era muy tímida.

Solução

a) ¡Bienvenidos al español!

b) ¿Cómo se dice “cadeira” en español?

c) Me llamo Soledad.

d) Hice una lista de lo que tengo que comprar: unos guantes nuevos, una bufanda y una bota.

e) La chica nueva, que vino de Argentina, era muy tímida. (Aqui também é possível usar travessão ou parênteses.)

Questão 02

¿Qué signo de puntuación se emplea al final de cada elemento de una lista?

a) Punto final.

b) Comillas.

c) Coma.

d) Punto y coma.

e) Corchete.

Solução

Letra D

Nesse contexto, emprega-se punto y coma (ponto e vírgula).

 

Por Renata Martins Gornattes
Professora de Espanhol   


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/signos-de-puntuacion.htm