História da Bolívia

A Bolívia é um país que compõe a América do Sul e abrigou povos que foram dominados pelo Império Inca.

Durante muito tempo, a região da atual Bolívia desenvolveu várias civilizações indígenas. No século XV, todas essas civilizações foram dominadas pelo Império Inca. No inicio do século XVI, chegaram os espanhóis e escravizaram esses povos. O líder inca Tupac Amaru II, no século XVIII, comandou uma revolta contra a escravidão de seu povo, que começou no Peru.

Independência

O Alto do Peru, como era conhecida a região, foi uma das primeiras colônias espanhola a se rebelar, em 1809. Em 1825, tornou-se independente, liderados por Simón Bolívar e Antonio José Sucre. O primeiro presidente boliviano foi Simón, e o país tem o nome de Bolívia em sua homenagem.

Perdas de territórios

Na Guerra do Pacifico, a Bolívia perdeu o acesso ao oceano Pacifico para o Chile. No ano de 1903, vendeu para o Brasil a região que atualmente é o estado do Acre. Dessa forma, encerrou-se o conflito com os seringueiros brasileiros. A descoberta de petróleo no sudeste do país ocasionou a Guerra do Chaco, quando perdeu território para o Paraguai.

O país sofreu golpes militares em 1964 e 1980 (ano em que a democracia foi restaurada após a destituíção de uma Junta Militar). Em 1996, a Bolívia tornou-se membro associado do Mercosul. O país enfrenta problemas raciais e culturais e sofreu ao longo dos anos várias revoluções e golpes militares.

Por Eliene Percília
 


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america/historia-bolivia.htm