Romantismo - A Prosa

Durante o período colonial, a prosa inexistiu. Nessa ausência de tradição, os autores românticos partiram do nada e fizeram suas primeiras tentativas mais consistentes.

O marco inicial do romance brasileiro se dá a partir das obras de Teixeira e Sousa – O filho do pescador (1843) e Joaquim Manuel de Macedo - A Moreninha (1844), a obra de Macedo se destaca dada a sua qualidade estética superior e o grande sucesso entre os contemporâneos.

Nas décadas de 50 e 60 verifica-se o florescimento da prosa de ficção.
Os prosadores românticos procuraram cobrir diversos aspectos da vida brasileira, além das indefectíveis histórias de amor.

Dentre os principais escritores dessa era, podemos destacar:

- Teixeira e Sousa
-Joaquim Manuel de Macedo
- José de Alencar
- Manuel Antônio de Almeida
- Bernardo Guimarães
- Alfredo Taunay
- Franklin Távora

Por Marina Cabral
Especialista em Língua Portuguesa e Literatura
Equipe Brasil Escola

Romantismo - Literatura - Brasil Escola


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/literatura/romantismo-prosa.htm