O Ariano

Místico grego nascido em Coele-Síria, fundador de uma seita extrema de arianos. Depois de trabalhar como um ourives ele se tornou um médico intinerante, e exibiu grande habilidade em assuntos médicos. Estudou teologia sucessivamente com Paulino, bispo de Antióquia, Atanásio, bispo de Anazarbus, e o presbítero Antônio de Tarso, e foi ordenado diácono por Leôncio de Antióquia, mas logo foi forçado a deixar aquela cidade por causa de seu comportamento rebelde contra os preceitos religiosos.

Participou do primeiro sínodo de Sirmium onde obteve uma vitória dialética em cima dos bispos Basílio e Eustáquio. Foi para Alexandria (356) com Eunômio para defender arianismo, mas foi banido por Constâncio II (337-361). Juliano II o Apóstata (361-363) o retirou de exílio, deu-lhe uma propriedade em Lesbos, e o manteve durante um tempo em sua corte, em Constantinopla. Consagrado bispo arianista, ele usou seu prestígio para os interesses de arianismo criando outros bispos daquela seita. Com a ascensão de Valêncio (364 - 378), retirou-se para sua propriedade, em Lesbos, mas adoeceu e voltou para Constantinopla, onde morreu (367).

Fonte: http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/

Ordem A - Biografia - Brasil Escola


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/biografia/ariano.htm