Conhecendo uma lupa

A lupa é um instrumento óptico constituído por apenas uma lente com capacidade de criar imagens virtuais ampliadas.

O estudo da Óptica é de grande importância para a Física, pois através dele diversos conceitos e explicações sobre muitos fenômenos foram deduzidos. É fácil perceber em nosso dia a dia o uso de múltiplos instrumentos ópticos. Nessa parte da Física denominamos instrumento óptico toda combinação conveniente de dispositivos ópticos, como espelhos, prismas e lentes.

Sendo assim, os instrumentos ópticos têm como principal função fornecer imagens ampliadas de objetos minúsculos, ou também fornecer imagens aproximadas de objetos que se encontram distantes. Dependendo da imagem fornecida pelo instrumento óptico, este pode ser considerado como sendo instrumento de observação ou instrumento de projeção.

O instrumento de observação é o que conjuga imagens finais virtuais, vistas diretamente pelo observador, como, por exemplo, a imagem fornecida pelo microscópio. Já o instrumento de projeção conjuga imagens finais reais, vistas pelo observador, mas projetadas em um anteparo, por exemplo, a imagem projetada nos projetores de slides.

A lupa, que também pode ser chamada de lente de aumento, é o instrumento óptico mais simples que temos para realizar observações. A lupa é constituída por somente uma lente convergente, cuja distância focal é da ordem de centímetros, que conjuga uma imagem virtual, direita e maior que o objeto observado. Mas isso só será possível se o objeto for colocado entre o seu foco principal objeto (F) e o centro óptico (O).

Construção geométrica da imagem numa lupa

Obs.: A lupa quando estiver fixa em um suporte passa a ser denominada microscópio simples.


Por Domiciano Marques
Graduado em Física


Fonte: Brasil Escola - https://brasilescola.uol.com.br/fisica/conhecendo-uma-lupa.htm