Topo
pesquisar

Tomate

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

Apesar de ser considerado por muitos um legume, o tomate é uma fruta. Originário das Américas Central e do Sul, hoje o tomate é cultivado e consumido em todos os continentes. Por muito tempo a fruta esteve entre os alimentos de pouco valor nutritivo, mas isso mudou após a divulgação de algumas pesquisas feitas com o alimento que comprovaram os poderes benéficos e fitoterápicos, fazendo com que o tomate subisse na lista de alimentos ricos em propriedades nutricionais e valores funcionais.

O tomate é rico em licopeno, substância antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e protege contra alguns tipos de câncer. Segundo pesquisadores da Universidade de Harvard, o consumo regular da fruta diminui o risco de câncer de próstata. Além do licopeno, o tomate contém vitaminas A, B e C, e sais minerais como fósforo, ferro e potássio. Por possuir baixo valor calórico o tomate é indicado em dietas nutricionais. No mercado há vários tipos de tomate: Santa Cruz, Caqui, Cereja, Italiano, Saladete, Débora, etc. Pode ser consumido de várias formas:

• Em saladas;
• Purês;
• Molhos;
• Doces;
• Geleias;
• Sucos, etc.

Ao optar por consumir a fruta crua e com casca é importante lavá-la bem em água corrente e deixar de molho em um litro de água filtrada com uma colher de sopa de água sanitária, por aproximadamente 30 minutos, enxaguando, em seguida, com água filtrada. Essa ação não elimina vestígios de agrotóxicos, mas elimina micro-organismos que possam estar na casca.

Por Eliene Percília

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Tomate"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude/tomate.htm>. Acesso em 03 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA