Topo
pesquisar

Pirâmide alimentar

Saúde e Bem-estar

A pirâmide alimentar é uma representação gráfica que possibilita que a população informe-se sobre como obter uma alimentação saudável.
Existem diferentes pirâmides alimentares, inclusive para vegetarianos
Existem diferentes pirâmides alimentares, inclusive para vegetarianos
PUBLICIDADE

A pirâmide alimentar é uma representação gráfica que reúne informações importantes a respeito dos grupos de alimentos presentes em nossa dieta. Seu principal objetivo é garantir o bem-estar nutricional da população, informando-a, principalmente, sobre as porções recomendadas de cada tipo de alimento.

Existem vários tipos de pirâmides alimentares pelo mundo. Elas normalmente apresentam variações, pois cada região possui uma especificidade na dieta. No Brasil, por exemplo, a primeira pirâmide foi desenvolvida em 1999, entretanto, após esse período, ela recebeu uma reestruturação para se adequar melhor à realidade do nosso país. A pirâmide alimentar brasileira atual baseia-se em uma dieta de 2000 quilocalorias e agrupa os alimentos em oito grupos básicos.

Como estão distribuídos os alimentos na pirâmide alimentar brasileira?

Na pirâmide alimentar brasileira, os alimentos estão divididos em oito grupos dispostos em quatro níveis. Como cada alimento apresenta um grande variedade de nutrientes, eles foram classificados de acordo com o nutriente que se apresenta em maior quantidade.

Em cada um dos grupos presentes na pirâmide, é possível observar a quantidade ideal que deve ser ingerida. Vale destacar que cada grupo tem sua importância, até mesmo o de óleos e gorduras, portanto, não se deve excluir nenhum produto da dieta.

Quais são os grupos de alimentos presentes na pirâmide alimentar?

Observe os grupos alimentares e o total diário de quilocalorias recomendado por grupo:

  • Arroz, pão, massa, batata, mandioca: 900 kcal (6 porções por dia)

  • Legumes e verduras: 45 kcal (3 porções por dia)

  • Frutas: 210 kcal (3 porções por dia)

  • Carnes e ovos: 190 kcal (1 porção por dia)

  • Leite, queijo e iogurte: 360 kcal (3 porções por dia)

  • Feijões: 55 kcal (1 porção por dia)

  • Óleos e gorduras: 73 kcal (1 porção por dia)

  • Açúcares e doces: 110 kcal (1 porção por dia)

Com esses dados, é possível perceber que o grupo dos carboidratos (arroz, pão, massa, batata, mandioca) deve ser a base da nossa dieta, uma vez que são alimentos que fornecem energia. Nesse caso, é importante destacar que a melhor opção é investir em produtos integrais, pois ele fornecem mais fibras. Os grupos de óleos, gorduras, doces e açúcares devem ter consumo moderado, pois seu consumo exagerado relaciona-se com a ocorrência de obesidade.

O que a pirâmide alimentar brasileira apresenta além da quantidade de alimento recomendado?

A pirâmide alimentar brasileira apresenta como diferencial a presença de duas mensagens importantes: a necessidade da seis refeições diárias e da prática de atividades físicas. De acordo com as recomendações presentes na pirâmide alimentar, faz-se necessário realizar as três refeições diárias básicas e lanches intermediários entre elas. Também é importante a prática de pelo menos 30 minutos diários de atividades.

Essas recomendações acompanham a pirâmide alimentar porque uma alimentação equilibrada sem haver cuidados com a saúde possui pouco efeito para o bem-estar população.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Pirâmide alimentar"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude/piramide-alimentar.htm>. Acesso em 22 de novembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA