Topo
pesquisar

Anorexígenos

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

A rotina do homem tem sido marcada pela correria em função do trabalho, estudos, etc. Com toda essa correria não há tempo para uma alimentação saudável e balanceada, assim, o famoso “fast food” torna-se a opção mais viável; não havendo, também, a oportunidade para a prática de atividades físicas. Dessa forma, o sedentarismo vem ganhando status e, consequentemente, a obesidade tem se tornado um dos “males” desse século.

Muitos procuram o caminho mais fácil para a eliminação das calorias em excesso: os anorexígenos.

Anorexígenos ou moderadores de apetite são medicamentos à base de anfetamina, com a finalidade de induzir a falta de apetite, ou seja, são os tão solicitados remédios para emagrecer. Esses remédios podem causar efeitos colaterais como: humor instável, dor de cabeça, depressão nervosa, irritabilidade, dentre outros. Tais efeitos dependem do tempo de uso e do organismo de quem usa.

Como já dito, a função dos anorexígenos é inibir a fome, dessa forma, a substância química envia uma mensagem para o cérebro “dizendo” que o organismo está saciado; o cérebro, por sua vez, envia uma mensagem de saciedade para o corpo. Na falta de uma alimentação adequada, o organismo passa a utilizar a energia (calorias) existente no corpo.
Geralmente, os moderadores de apetite, dentre outras substâncias químicas, trazem, além da anfetamina, que é um estimulante, um outro composto químico para reduzir a ansiedade. A fluoxetina, por exemplo.

Observe a combinação: estimulante x ansiolítico (calmante), a quem o cérebro vai atender? Vai ficar estimulado (ligadão) ou vai se acalmar?

Além dos possíveis efeitos colaterais e da dependência, os anorexígenos produzem uma temporária perda de peso, pois logo que o organismo se acostuma com o remédio, começa a não responder aos impulsos do mesmo. Com isso, a fome se torna maior, o organismo passa a reter as calorias e acontece o chamado “efeito sanfona”. Muitas pessoas não só recuperam o peso, como adquirem mais gordura do que antes.

Muitos nutricionistas e psicólogos, dentre outros profissionais de saúde, são contra o uso de anorexígenos, em virtude da possível dependência por eles causada. Para esses profissionais, o ideal é que se faça uma reeducação alimentar acompanhada de exercícios físicos, tudo seguindo orientações médicas, claro.

O profissional de nutrição avalia o quadro clínico do paciente e assim programa sua dieta enquanto o médico avalia o paciente indicando o melhor tipo de exercício físico a ser praticado.

Com a reeducação alimentar e atividade física, o organismo readquire equilíbrio, pois a reeducação alimentar visa dar ao organismo os nutrientes necessários para seu bom funcionamento, enquanto as atividades físicas auxiliam no processo de eliminação das calorias e no bom condicionamento do corpo.
 

Por Hellen Dias
Equipe Brasil Escola

Boa Forma - Saúde e Bem Estar - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Anorexígenos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude/anorexigenos.htm>. Acesso em 28 de setembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA