Topo
pesquisar

Andropausa

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

A andropausa refere-se à redução de hormônios masculinos (principalmente da testosterona), de forma semelhante à menopausa na mulher. A redução desse hormônio se inicia por volta dos 40 anos de idade de forma natural, o que não caracteriza a andropausa, e essa somente é diagnosticada quando a redução é brusca e provoca sinais no organismo, como desinteresse ou preguiça sexual, fadiga, insônia, dificuldade em manter uma ereção, diminuição da massa muscular, aumento da gordura no organismo e outras.

A testosterona é o hormônio masculino produzido pelos testículos e responsável pelo desenvolvimento das características normais, como a voz, o crescimento de pelos, o crescimento da barba, bem como a manutenção de todas elas. Também age diretamente no desempenho sexual, sendo que, uma vez reduzida, pode alterar a função sexual de um indivíduo.

Para detectar a andropausa, deve-se estar atento às mudanças corpóreas e ainda procurar um urologista após os 40 anos para verificar a dosagem desse hormônio no organismo. Assim como nas mulheres, esse período pode não apresentar grandes modificações no organismo e passar despercebido. Existem casos em que é recomendada a reposição de testosterona pelo homem, o que pode provocar o crescimento das mamas, o aumento da produção de glóbulos vermelhos no sangue e retenção de líquidos.

Mudanças de hábitos alimentares, atividades físicas, monitoramento dos índices hormonais e, se necessário, a reposição de tais hormônios, melhoram a condição física, mental e sexual do indivíduo.

Por Gabriela Cabral

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Gabriela Cabral Da Silva. "Andropausa"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude/andropausa.htm>. Acesso em 04 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA