Topo
pesquisar

Verminoses

Saúde na escola

As verminoses são doenças provocadas por organismos genericamente chamados de vermes. Elas podem ser evitadas, na maioria das vezes, com simples hábitos de higiene.
PUBLICIDADE

Denominam-se de verminoses todas as doenças desencadeadas por nematoides e platelmintos, organismos tradicionalmente chamados de vermes. Essas doenças afetam toda a população, independentemente do sexo, idade, cor da pele ou classe social. Entretanto, elas ocorrem com maior frequência em áreas com saneamento básico deficiente e em pessoas com hábitos de higiene precários.

As verminoses são normalmente transmitidas pela ingestão de alimentos ou água contaminada e também pelo contato desprotegido com solo que abriga parasitas.

Exemplos de verminoses causadas por nematoides

Ascaridíase

O agente etiológico da ascaridíase é o Ascaris lumbricoides, também conhecido como lombriga. Ele é adquirido por meio da ingestão de ovos do parasita que podem estar presentes na água ou no alimento, por exemplo.

Como sintomas da ascaridíase, podemos citar diarreia, náusea, dores abdominais e obstrução intestinal quando vários vermes são encontrados. Como a larva possui um ciclo pulmonar, pode ocorrer a manifestação de problemas pulmonares, como a pneumonite. Vale frisar que normalmente a ascaridíase é uma doença assintomática.

Ancilostomíase

A ancilostomíase, também chamada de amarelão e doença do Jeca Tatu, possui como agente etiológico os nematoides da família Ancylostomidae. Esses vermes são adquiridos por meio da penetração de larvas na pele quando entramos em contato com solo contaminado.

Os sintomas dependem da quantidade de parasitos no corpo, sendo normalmente assintomática em infecções leves. Em grandes infecções, a ancilostomíase pode desencadear anemia. Quando acomete crianças, pode ocorrer problemas no desenvolvimento físico e mental.

Exemplos de verminoses causadas por platelmintos

Esquistossomose

A esquistossomose é uma doença provocada pelo Schistosoma mansoni. Esse parasita é adquirido quando o homem entra em contato com água infestada de cercárias, que é a forma larval desse platelminto.

A verminose pode provocar febre, diarreia, náusea, vômito, tosse seca, dores abdominais e dor de cabeça. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer complicações como insuficiência hepática, hemorragia digestiva, comprometimento do sistema nervoso central e glomerulonefrite.

Teníase

A teníase pode ser causada pela Taenia solium, presente na carne de porco, e a Taenia saginata, encontrada na carne bovina. A transmissão ocorre ao ingerir carne que contém larvas desses platelmintos. Quando ocorre a ingestão de ovos, ocorre uma doença denominada de cisticercose.

A presença da tênia no intestino pode desencadear dores abdominais, náuseas, perda de peso, diarreia ou constipação. Em alguns casos, a teníase pode provocar complicações, como a obstrução do apêndice e do ducto pancreático.

Medidas para prevenir-se de verminoses

As verminoses podem ser facilmente prevenidas com hábitos simples de higiene e com a ampliação do saneamento básico, responsável por fazer o tratamento adequado do esgoto e levar água limpa a toda a sociedade. Entre as medidas que podem ser tomadas individualmente, podemos citar:

- Lavar bem as mãos antes de se alimentar, ao manipular alimentos e após ir ao banheiro;

- Lavar bem os alimentos, principalmente aqueles que serão ingeridos in natura;

- Nunca consumir água sem estar filtrada ou fervida;

- Evitar andar descalço;

- Não tomar banho em rios e lagos que possam estar contaminados por esgoto.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Verminoses"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/verminoses.htm>. Acesso em 26 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA