Topo
pesquisar

Importância dos protetores solares

Saúde na escola

A importância dos protetores solares está relacionada à defesa contra os danos que os raios ultravioletas podem causar à pele ao longo dos anos.
Os protetores solares podem evitar, por exemplo, o surgimento de um câncer de pele
Os protetores solares podem evitar, por exemplo, o surgimento de um câncer de pele
PUBLICIDADE

A pele humana é um órgão extremamente importante para a nossa sobrevivência, pois garante, por exemplo, a proteção contra diferentes agentes e possibilita a termorregulação do organismo. Por revestir nosso corpo, a pele é constantemente exposta aos raios ultravioleta (UV), que podem desencadear problemas sérios caso a exposição seja inadequada.

É importante salientar que, apesar de poder causar danos à pele, a radiação ultravioleta é fundamental para a síntese de vitamina D. Além dessa função já bastante conhecida de regular a concentração de cálcio e fósforo no organismo, a vitamina D pode estar relacionada, de acordo com alguns estudos, com a redução dos riscos de cânceres de mama, próstata e colorretal.

→ Quais os perigos da exposição aos raios ultravioleta para a pele?

Os raios ultravioleta afetam a pele em vários aspectos e, apesar de alguns benéficos, como é o caso da síntese de vitamina D, existem alguns prejudiciais. Os danos causados pelos raios UV, no entanto, são desencadeados por uma exposição exagerada e inadequada ao longo do tempo e são provocados por um efeito cumulativo.

A radiação UV pode interferir no DNA da célula e desencadear mutações que podem resultar em neoplasias malignas (câncer). Além disso, a radiação afeta o sistema imune cutâneo, provocando uma resposta inflamatória na pele, como também o envelhecimento precoce, cataratas, fotoconjuntivites, perda progressiva da visão e alterações químicas e histológicas na camada superficial da pele (epiderme).

→ Qual a importância dos protetores solares?

Diante de tantos efeitos nocivos causados pela radiação UV, torna-se necessária a proteção da pele. Para isso, vários acessórios podem ser usados, como chapéus, bonés, óculos e vestimentas, entretanto, nem sempre a fotoproteção nesses casos é eficiente. Nesse sentido, são importantes aliados os protetores solares, que são cosméticos eficientes encontrados na forma de loções, óleos, géis, emulsões, entre outras formas de apresentação.

Os protetores solares apresentam filtros que absorvem, refletem ou dispersam a radiação ultravioleta. Para determinar a qualidade da proteção desses filtros, devemos analisar o fator de proteção solar (FPS) desses produtos. O FPS pode ser definido como a relação entre o tempo necessário para a radiação ultravioleta provocar uma reação eritematosa (vermelhidão) na pele protegida em comparação com a mesma pele sem nenhuma proteção. Imagine, por exemplo, que uma pessoa escolha um protetor solar FPS 30. O tempo de exposição solar necessário para ocorrer a vermelhidão, nesse caso, será 30 vezes maior em relação ao tempo sem o protetor.

Assim, o uso do protetor solar, a curto prazo, evita uma possível queimadura. Porém, não devemos analisar esse produto por apenas um período pequeno de utilização, pois o uso regular pode trazer grandes benefícios à saúde, entre os quais, podemos citar:

  • Redução das chances de desenvolver alguns tipos de câncer de pele;

  • Redução dos casos de queratose actínica – neoplasias benignas que possuem potencial de transformar-se em câncer de pele, como o carcinoma de células escamosas ou o carcinoma espinocelular;

  • Retardamento do envelhecimento da pele.

Atenção: O uso de protetor solar deve ser feito diariamente por todas as pessoas, independentemente de sexo, idade ou cor da pele.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Importância dos protetores solares"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/importancia-dos-protetores-solares.htm>. Acesso em 11 de dezembro de 2017.

Criança com raquitismo: doença decorrente à deficiência de vitamina D, causando distúrbio na mineralização óssea, bem evidente nos membros inferiores
Biologia Vitamina D
Camadas da pele
Biologia Pele
O câncer de pele pode ser evitado adotando medidas simples durante a exposição ao sol
Doenças e patologias Câncer de pele
Um bom bronzeado requer cuidados especiais
Saúde e Bem-estar Bronzeamento
Nosso organismo necessita da luz solar, mas em quantidades moderadas e nos horários recomendados
Doenças e patologias Os efeitos do sol para a pele
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA