Topo
pesquisar

Cárie

Saúde na Escola

A cárie é um problema dental que está relacionado, entre outros fatores, com a estrutura do dente, quantidade de saliva, bactérias e dieta.
PUBLICIDADE

É comum que as pessoas procurem um médico sem estarem sentindo algum sintoma, apenas com a finalidade de realizar um check-up. Entretanto, esse hábito não é frequentemente observado quando o assunto é procurar um dentista. A maioria das pessoas só procura esse profissional após sentir dores, o que significa que o dente já sofreu alguns danos, como o surgimento de cáries.

O que é a cárie?

A cárie pode ser definida como uma deterioração localizada do dente. Ela acontece como resultado dos ácidos produzidos no momento da fermentação de carboidratos por bactérias que vivem em nossa boca. Esses ácidos acabam corroendo o dente, ocasionando a perda de minerais. Se não tratada, a cárie pode desencadear problemas ainda mais graves, como a infecções na polpa.

Vários fatores estão relacionados com o surgimento da cárie, como é o caso da morfologia do dente. Dentes com saliências que dificultam a escovação, por exemplo, estão mais suscetíveis às cáries. Além do dente, a saliva exerce um importante papel na proteção antibacteriana, sendo assim, sua produção em menor quantidade pode ajudar no desenvolvimento de cáries.

Além das questões citadas, as cáries podem surgir em consequência do tipo de bactéria encontrada na boca do paciente e do tipo de dieta que ele realiza. A quantidade de açúcar ingerida entre as refeições, por exemplo, pode favorecer a ação de bactérias e, consequentemente, a produção de mais ácidos que podem afetar a estrutura dentária. Vale destacar que todos os fatores acima estão relacionados também com o tempo, sendo necessário, portanto, a exposição a esses fatores por um certo período para que o dente seja lesionado.

Quais são os principais tipos de cáries?

A cárie pode ser classificada em coronária, radicular e recorrente. As cáries coronárias são o tipo mais comum e destacam-se pelo surgimento nas superfícies dos dentes ou entre eles. Na cárie radicular, a região afetada é a raiz do dente, sendo comum quando a gengiva sofre retração. Por fim, a cárie recorrente surge em locais onde restaurações foram feitas.

Como combater a cárie?

A cárie pode ser combatida de uma maneira bastante simples. De acordo com os odontólogos, devemos:

  • Escovar nossos dentes pelo menos três vezes ao dia;

  • Fazer uso do fio dental diariamente;

  • Utilizar cremes dentais que possuem flúor, assim como beber água tratada e fluoretada;

  • Não ingerir grande quantidade de alimentos com açúcares e amido;

  • Procurar o dentista para avaliações regulares.

Curiosidade: Você sabia que a cárie é contagiosa? Isso mesmo! Apesar de não parecer, esse problema pode ser transmitido pela saliva, uma vez que se relaciona com alguns tipos de bactérias presentes na boca.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Cárie"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/carie.htm>. Acesso em 30 de marco de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA