Topo
pesquisar

Os Árabes e o Islamismo

Religião

PUBLICIDADE

A civilização Islâmica nasceu na Arábia, península de 3 milhões Km². Localizada no Oriente Médio, possui um clima seco e muito quente.

Antes do surgimento do Islamismo os árabes eram politeístas, e a principal cidade dos islamitas é Meca, além de ser um grande centro comercial, por causa das feiras ali presentes.
É o lugar onde se encontra o templo Caaba. Dentro dele estava guardada a venerada Pedra Negra, que nada mais era que um meteorito.

O Islamismo teve seu início marcado pelo o que ocorreu com Maomé, quando esse meditava no monte Hira. Maomé ouvira o anjo Gabriel dizer que havia um único Deus, Alá, e um único profeta, Maomé. Depois que foi aceito pelos seus parentes, começou a disseminar suas ideias e a pregar.

No ano de 630, Maomé invadiu Meca, matou seus opositores, destruiu as imagens de Caaba e, assim, esta foi denominada a cidade oficial do Islamismo.

Islamismo quer dizer submissão a Deus. Para Maomé, o homem deveria submeter-se totalmente às vontades de Deus. O adepto ao Islamismo é chamado islamita ou mulçumano.

Práticas religiosas do Islamismo

- Orar cinco vezes por dia sempre com a cabeça voltada em direção a Meca.
- Jejuar durante o ramadã.
- Dar esmolas de acordo com o que possuir.
- Visitar Meca pelo menos uma vez na vida.
- Participar da guerra santa para propagar o Islamismo.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Os Árabes e o Islamismo"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/religiao/os-arabes-islamismo.htm>. Acesso em 08 de dezembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA