Topo
pesquisar

Unidades de medida

Química

As unidades de medida são siglas utilizadas para representar quantidades específicas de determinadas grandezas físicas.
Equipamento utilizado para aferir (medir) a temperatura
Equipamento utilizado para aferir (medir) a temperatura
PUBLICIDADE

As unidades de medida são representações das grandezas físicas utilizadas em diversas áreas do conhecimento com o intuito de quantificar uma matéria, uma sensação, o tempo ou o tamanho de algo, por exemplo.

Em todo o mundo as unidades de medida seguem um padrão determinado pelo Sistema Internacional de Unidades (SI). A partir da unidade padrão estabelecida pelo Sistema Internacional, podemos ainda utilizar outras unidades derivadas dela, o que permite compararmos e ampliarmos a noção quantitativa da grandeza.

O Sistema Internacional adota a unidade Kelvin, por exemplo, como padrão para a grandeza temperatura. Essa unidade é muito utilizada em experimentos laboratoriais, mas, no dia a dia, a maioria dos países utiliza a unidade graus Celsius, que é derivada da unidade Kevin.

Na Química, as unidades de medida mais utilizadas são:

Unidades de massa

As unidades mais utilizadas para o trabalho com a massa de uma matéria são:

  • Tonelada (t);

  • Quilograma (kg): é a unidade de massa padrão segundo o Sistema Internacional

  • Grama (g);

  • Miligrama (mg).

Para converter uma unidade em outra, basta seguir estas relações:

  • 1 t = 1000 Kg

  • 1 kg = 1000 g

  • 1 g = 1000 mg

Relação entre as unidades de massa
Relação entre as unidades de massa

Como podemos observar, uma unidade de massa é sempre 1000 vezes maior que a outra. Veja alguns exemplos:

→ Transforme 2,5 kg em gramas

Como 1 kg equivale a 1000 gramas, podemos montar a seguinte regra de três:

1 kg --------- 1000 g

2,5 Kg---------- x          

x . 1 = 2,5.1000

x = 2500 g

→ Transforme 4 mg em kg

Como 1 kg equivale a 1000000 de mg (resultado da multiplicação 1000 x1000 da diferença entre a unidade kg e a mg), podemos montar a seguinte regra de três:

1 kg --------- 1000000 mg

x---------- 4 mg     

1000000.x = 4.1

x =         4         
      10000000

x = 0,000004 Kg

Unidades de volume

  • Metro cúbico (m3): é a unidade de volume padrão segundo o Sistema Internacional;

  • Litro (L) ou decímetro cúbico (dm3);

  • Mililitro (mL) ou centímetro cúbico (cm3).

Para converter uma unidade na outra, basta seguir estas relações:

  • 1 m3 = 1000 L

  • 1L = 1 dm3

  • 1L = 1000 mL

  • 1dm3 = 1000 cm3

  • 1cm3 = 1mL

Relação entre as unidades de volume
Relação entre as unidades de volume

Como podemos acompanhar no esquema acima, uma unidade de volume é sempre 1000 vezes maior que a outra. Quando comparamos a unidade maior (m3) com a unidade menor (mL ou cm3), a diferença é de 1000000 de vezes.

Veja alguns exemplos:

→ Transforme 4,5 m3 em dm3

Como 1 m3 equivale a 1000 dm3, podemos montar a seguinte regra de três:

1m3 --------- 1000 dm3

4,5 m3---------- x              

x.1 = 4,5.1000

x = 4500 dm3

→ Transforme 300 cm3 em L

Como 1 L equivale a 1000 de cm3, podemos montar a seguinte regra de três:

1L --------- 1000 cm3

 x---------- 300 cm3

1000.x = 300.1

x = 300
     1000

x = 0,3 dm3

Unidades de pressão

As unidades mais utilizadas para o trabalho com a pressão são:

  • Atmosferas (atm);

  • Milímetro de mercúrio (mmHg);

  • Centímetro de mercúrio (cmHg);

  • Pascal (Pa) ou Quilopascal (KPa = 1000 Pa): é a unidade de pressão padrão segundo o Sistema Internacional.

Para converter uma unidade na outra, basta seguir estas relações:

  • 1 atm = 101,325 kPa

  • 1 atm = 101325 Pa

  • 1 atm = 760 mmHg

  • 1 atm = 76 cmHg

OBS.: foram utilizadas relações partindo do atm porque os valores utilizados são numericamente mais simples de trabalhar e/ou memorizar (caso necessário).

Veja alguns exemplos:

→ Transforme 2 atm em KPa

Como 1 atm equivale a 101,325 KPa, basta montar a seguinte regra de três:

1atm --------- 101,325 KPa

2 atm ---------- x                  

x.1 = 2.101,325

x = 202, 650 KPa

→ Transforme 200 mmHg em cmHg

Utilizando as relações fornecidas acima, inicialmente devemos converter 200 mmHg para atm por meio da seguinte regra de três:

1 atm --------- 760 mmHg

       x ---------- 200 mmHg

x.760 = 200.1

x = 200
     760

x = 0,26 atm

Em seguida, transformamos o resultado em atm para cmHg na regra de três a seguir:

1 atm --------- 76 cmHg

0,26 atm ----------y                

y.1 = 0,26.76

y = 19,76 cmHg

→ Transforme 500 cmHg em KPa

Utilizando as relações fornecidas acima, inicialmente devemos converter 500 cmHg para atm por meio da seguinte regra de três:

1 atm --------- 76 cmHg

        x ---------- 500 cmHg

x.76 = 500.1

x = 500
      76

x = 6,57 atm

Em seguida, transformamos o resultado em atm para cmHg na regra de três a seguir:

1 atm --------- 101,325 KPa

6,57 atm ----------y                      

y.1 = 6,57.101,325

y = 665,70 KPa

Unidades de temperatura

As unidades mais utilizadas para o trabalho com temperatura são:

  • Graus Celsius (oC);

  • Graus Fahrenheit (oF);

  • Kelvin (K): é a unidade de temperatura padrão segundo o Sistema Internacional.

Para converter uma unidade de temperatura em outra, podemos utilizar as fórmulas a seguir:

  • De graus Celsius para Kelvin: TK = ToC + 273

  • De graus Celsius para Fahrenheit: ToC = ToF-32
                                                        5          9

Veja alguns exemplos:

Transforme 45 oC para oF

Para realizar a transformação, basta colocar os dados na fórmula abaixo:

ToC = ToF-32
  5          9   

 45 = ToF-32
  5         9    

5.(ToF-32) = 45.9

5ToF - 160 = 405

5ToF = 405 + 160

ToF = 565
           5  

ToF = 113 oF

Transforme 200 K para oC

Para realizar a transformação, basta colocar os dados na fórmula abaixo:

TK = ToC + 273

200 = ToC + 273

ToC = 200 – 273

ToC = - 73 oC

Unidades de comprimento

As unidades mais utilizadas para o trabalho com comprimento são:

  • Quilômetro (km);

  • Metro (m): é a unidade de comprimento padrão segundo o Sistema Internacional;

  • Centímetro (cm);

  • Decímetro (dm);

  • Milímetro (mm).

Para converter uma unidade na outra, basta seguir estas relações:

  • 1 km = 1000 m

  • 1 m = 100 cm

  • 1 dm = 10 cm

  • 1 cm = 10 mm

Veja alguns exemplos:

Transforme 5 km em dm

Analisando o esquema, a diferença entre km e dm é da ordem de 100000, assim, basta montar a seguinte regra de três:

1 Km --------- 100000 dm

5 Km ---------- x             

x.1 = 5.100000

x = 500000 dm

Transforme 500 mm em cm

Como 1 cm equivale a 10 mm, basta utilizar a seguinte regra de três:

1 cm --------- 10 mm

        x ---------- 500 mm

x.10 = 500.1

x = 500
     10

x = 50 cm

Unidades de energia na forma de calor

As unidades mais utilizadas para o trabalho com a energia na forma de calor são:

  • Joule (J) ou Quilojoule (KJ = 1000 J): o Joule é a unidade padrão estabelecida pelo Sistema Internacional;

  • Calorias (cal) ou Quilocalorias (Kcal = 1000 cal).

Para converter uma unidade na outra, basta seguir esta seguinte relação:

1 cal = 4,18 J

1Kcal = 4,18 KJ

Veja alguns exemplos:

Transforme 2600 Kcal em KJ

Como 1 Kcal equivale a 4,18 KJ, basta utilizar a seguinte regra de três:

1 Kcal --------- 4,18 KJ

2600 Kcal ---------- x              

x.1 = 2600.4,18

x = 10868 KJ

Unidades de tempo

  • Hora (h);

  • Minuto (min);

  • Segundo (s): é a unidade padrão de tempo estabelecida pelo Sistema Internacional.

Para converter uma unidade na outra, basta seguir estas relações:

  • 1h = 60 min

  • 1 min = 60 s

Relação entre as unidades de tempo
Relação entre as unidades de tempo

Veja alguns exemplos:

Transforme 6 h em segundos

Como 1 hora equivale a 3600 segundos (resultado da multiplicação 60x60 da diferença entre horas e segundos), basta montar a seguinte regra de três:

1 h --------- 3600 s

6h ---------- x       

x.1 = 6.3600

x = 21600 s

Transforme 600 s em minutos

Como 1 minuto equivale a 60 s, basta utilizar a seguinte regra de três:

1 min --------- 60 s

        x ---------- 600 s

x.60 = 600

x = 600

x = 600
      60

x = 10 min

Mol (quantidade de matéria)

É a unidade que estabelece a quantidade de entidades (átomos, íons, elétrons, nêutrons, moléculas) que formam uma determinada matéria. Segundo Amedeo Avogadro, 1 mol de qualquer matéria contém 6,02.1023 entidades.

Exemplo: 1 mol de H2O

Um mol da substância água apresenta:

  • 6,02.1023 moléculas de água;

  • 3.6,02.1023 átomos (o 3 é resultado da soma de 1 oxigênio com 2 hidrogênios);

  • 2.6,02.1023 átomos de hidrogênio;

  • 1.6,02.1023 átomos de oxigênio.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Unidades de medida"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/unidades-medida.htm>. Acesso em 17 de agosto de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA