Topo
pesquisar

Reações com óxidos duplos

Química

Reações com óxidos duplos são processos químicos utilizados para a produção de sais e bases inorgânicas.
A magnetita pode ser utilizada nas reações com óxidos duplos pra obtenção de bases
A magnetita pode ser utilizada nas reações com óxidos duplos pra obtenção de bases
PUBLICIDADE

As reações com óxidos duplos ocorrem quando essa classe de óxidos é colocada em um recipiente com uma das seguintes substâncias:

- Água (H2O)

- Ácidos inorgânicos (HX)

- Bases inorgânicas (WOH)

Vale ressaltar que os óxidos duplos são resultantes de uma associação entre dois óxidos diferentes de um mesmo elemento, o qual apresenta sempre dois cátions.

Para determinar os produtos que serão formados nas reações com óxidos duplos, é necessário conhecer os cátions dos elementos nesses óxidos e os ânions formados a partir desses cátions, como demonstrado a seguir:

Nos óxidos duplos, o elemento ferro está na forma de cátion ferro II (Fe+2) e ferro III (Fe+3). Além disso, é um elemento capaz de originar dois ânions diferentes: o ferrato (FeO4-2) e o ferrito (FeO2-1).

  • Elemento chumbo

Nos óxidos duplos, o elemento chumbo apresenta-se na forma de cátion chumbo II (Pb+2) e chumbo IV (Pb+4). Além disso, é um elemento capaz de originar dois ânions diferentes: o plumbato (PbO3-2) e o plumbito (PbO2-2).

Nos óxidos duplos, o elemento estanho apresenta-se na forma de cátion estanho II (Sn+2) e estanho IV (Sn+4). Além disso, é um elemento capaz de originar dois ânions diferentes: o estanato (SnO3-2) e o estanito (SnO2-2).

Nos óxidos duplos, o elemento manganês apresenta-se na forma de cátion manganês II (Sn+2) e manganês III (Mn+3). Além disso, é um elemento capaz de originar dois ânions diferentes: o manganato (MnO4-2) e o manganito (MnO3-2).

Reações com óxidos duplos e água

Quando um óxido duplo reage com água, ocorre a formação de duas bases inorgânicas (YOH), cada uma apresentando um dos cátions diferentes que formam o óxido, como na equação geral a seguir:

Y3O4 + H2O → Y(OH)a + Y(OH)b

Obs.: Os índices a e b na equação são referentes à carga de cada um dos cátions que formam o óxido duplo.

Por exemplo, se o óxido duplo de ferro (Fe3O4) for colocado em presença de água, haverá a formação do hidróxido de ferro II [Fe(OH)2] e do hidróxido de ferro III [Fe (OH)3], já que nesse óxido duplo existe a presença dos cátions ferro II (Fe+2) e ferro III (Fe+3).

Esses produtos (as bases) são formados porque no óxido duplo de ferro (Fe3O4) há a presença dos cátions ferro II e ferro III, os quais interagem com as hidroxilas (OH-1) da água e formam as bases, como na equação balanceada a seguir:

Fe3O4 + 4H2O → 1Fe(OH)2 + 2Fe(OH)3

Reações com óxidos duplos e bases

Quando um óxido duplo reage com uma base inorgânica (WOH), ocorre a formação de dois sais inorgânicos diferentes e água. Os sais são formados pela interação entre o cátion da base e os dois ânions formados pelo metal do óxido, como na equação a seguir:

Y3O4 + WOH → WYOc + WYOd + H2O

Obs.: Os índices c e d nos produtos são referentes às quantidades diferentes de oxigênio presentes nos ânions formados pelo metal do óxido.

Por exemplo: se o óxido duplo de chumbo (Pb3O4) reagir com o hidróxido de cálcio [Ca(OH)2, e o cálcio for um cátion de carga +2, haverá a formação do plumbato de cálcio (CaPbO3), que é resultante da interação entre o Ca+2 e PbO3-2, e do plumbito de cálcio (CaPbO2), que é resultante da interação entre o Ca+2 e PbO2-2.

Esses produtos são formados porque o elemento chumbo forma os ânions plumbito (PbO2-2) e plumbato (PbO3-2), os quais interagem com o cátion cálcio (Ca+2) do óxido de cálcio. A seguir, a equação balanceada desse processo:

1Pb3O4 + 3Ca(OH)2 → 1CaPbO3 + 2CaPbO2 + 3H2O

Reações com óxidos duplos e ácidos

Quando um óxido duplo reage com um ácido inorgânico (HX), ocorre a formação de dois sais inorgânicos diferentes e água. Os sais são formados pela interação entre cada um dos cátions que formam o óxido duplo e o ânion (X-) do ácido, como na equação a seguir:

Y3O4 + HX → YX + YX + H2O

Se o óxido duplo de manganês (Mn3O4) reagir com o ácido fosfórico (H3PO4), haverá a formação do fosfato de manganês II [Mn3(PO4)2], por causa da interação entre o Mn+2 e PO4-3, e do fosfato de manganês III (MnPO4), resultante da interação entre o Mn+3 e PO4-3.

Esses produtos são formados porque no óxido duplo de manganês existe a presença dos cátions manganês II e manganês III, os quais interagem com o ânion fosfato do ácido, como na equação balanceada a seguir:

3Mn3O4 + 8H3PO4 → 1Mn3(PO4)2 + 6MnPO4 + 12H2O


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Reações com óxidos duplos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/reacoes-com-oxidos-duplos.htm>. Acesso em 20 de novembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA