Topo
pesquisar

Polímeros de condensação

Química

Os polímeros de condensação são obtidos pela reação de dois monômeros, com eliminação de uma substância mais simples (a água, por exemplo).
Vidros à prova de bala são feitos a partir de um polímero de condensação, o policarbonato.
Vidros à prova de bala são feitos a partir de um polímero de condensação, o policarbonato.
PUBLICIDADE

Os polímeros de condensação, também denominados polímeros de eliminação, são aqueles em que seus monômeros iguais ou diferentes se unem com a eliminação simultânea de moléculas de água ou outras pequenas moléculas de compostos que não farão parte do polímero.

A única exceção é o poliuretano: na reação de condensação, através da qual ele é obtido, não há liberação de moléculas. 

Os principais compostos liberados além da água são: cloreto de hidrogênio (HCl), amônia (NH3) e o cianeto de hidrogênio (HCN).
Sempre os polímeros de condensação terão uma estrutura regular, uniforme, isto é, os polímeros sempre virão alternados e não de forma aleatória. Só poderão ser formados copolímeros (cuja estrutura é irregular) quando mais de dois monômeros se unirem para formar o polímero de condensação.

Considerando a água como a molécula que é eliminada, temos o seguinte esquema da reação genérica de condensação de formação desses polímeros:

Reação genérica de formação dos polímeros de condensação.
Reação genérica de formação dos polímeros de condensação.


Os polímeros de condensação mais importantes e mais utilizados em nossa sociedade são:


Poliuretano: obtido pela condensação do di-isocianato de parafenileno com o 1,2-etanodiol. É usado em isolamentos, aglutinantes de combustível de foguetes, revestimentos internos de roupas, espumas para estofados, pranchas de surfe, etc.;

Produtos feitos à base de poliuretano.
Produtos feitos à base de poliuretano.

Baquelite: as substâncias que dão origem ao baquelite são o benzenol e o metanal. É empregado em revestimentos como tintas e vernizes, colas para madeira, cabos de panelas, interruptores de luz, tomadas, plugues, tampas, etc.;

Poliéster: são polímeros formados por vários ésteres, sendo que são necessários um ácido e um álcool para formá-los. O principal poliéster é o PET (polietilenotereflato), formado pela união do ácido tereftálico com o etanodiol. É usado em produção de fibras têxteis, como o tecido tergal, na produção de garrafas de refrigerantes e outras bebidas, de fitas de vídeo, de vasos e válvulas cardíacas, como protetor para facilitar a recuperação de tecidos orgânicos que sofreram queimaduras, entre outras utilidades;

Náilon ou poliamida: os monômeros do náilon comum (náilon 66) são o ácido hexanodioico e a 1,6-hexanodiamina. Suas aplicações podem ser observadas em rolamentos sem lubrificação, engrenagens, embalagens, fibras têxteis, velcros, cerdas de escovas, fios de pesca e acessórios elétricos; 

Meias feitas de náilon
Meias feitas de náilon

Kevlar®: é formado pela união entre o ácido tereftálico e o p-benzenodiamina. É aplicado principalmente em coletes à prova de balas, bem como em chassis de carros de corrida, em roupas dos pilotos desses carros, em roupas de combate a incêndios e em peças de aviões;

Coletes à prova de balas para a proteção de soldados e policiais são feitos com o polímero Kevlar®
Coletes à prova de balas para a proteção de soldados e policiais são feitos com o polímero Kevlar®

Policarbonato: formado pelo fosgênio e pelo p-isopropilenodifenol, o policarbonato é muito usado em vidros à prova de bala, em lentes de óculos de sol, CDs e DVDs, equipamentos com raio-X, janelas de segurança e estruturas para se cobrir determinadas áreas (como a mostrada na figura abaixo);

Estrutura feita à base de policarbonato.
Estrutura feita à base de policarbonato.

Silicones: formados pelo silício como elemento principal, onde seus átomos estão alternados com os do elemento oxigênio e o silício se liga a radicais orgânicos. O silicone mais comum é o diclo-dimetil-silano. As aplicações desses compostos são: próteses colocadas através de cirurgias plásticas, lubrificação de moldes, vedação de janelas, resinas encapsuladas, cosméticos como óleos e cremes para a pele, entre outros.

Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Polímeros de condensação"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/polimeros-condensacao.htm>. Acesso em 15 de dezembro de 2017.

Questão 1

(UFPI) As poliamidas são polímeros de condensação e são materiais sintéticos utilizados na fabricação de membranas de dessalinizadores de águas. Abaixo está a representação parcial de uma poliamida.

Representação parcial de uma poliamida

Entre as alternativas abaixo, marque aquela que apresenta os reagentes necessários para a obtenção da poliamida representada.

a) éster e etilenoglicol

b) ácido dicarboxílico e etilenoglicol

c) éster e amina primária

d) cloreto de ácido e éster

e) ácido dicarboxílico e diamina primária

Ver resposta
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA