Topo
pesquisar

Obtenção da Amônia: processo de Haber-Bosch

Química

PUBLICIDADE

O processo de Haber-Bosch para obter amônia recebeu este nome devido aos seus criadores: Fritz Haber (1868 – 1934) e William Carl Bosch (1874 – 1940), no processo estipulado por eles, a amônia é produzida a altas temperaturas (500 °C e pressão de 200 atm). Como se vê, a temperatura e pressão são altíssimas, o que permite obter o produto: a amônia líquida, que pode ser usada como fertilizante para a agricultura ou ainda para diminuir a acidez do solo. Equação do processo:

N2(g) + 3 H2(g) ↔ 2 NH3(g)                ∆ H = -92,22 Kj

Repare que esta equação é de formação da amônia no estado gasoso, veja agora alguns procedimentos da produção artificial de amônia líquida:

1. Uma mistura gasosa de N2 e H2 é colocada em um reator;
2. Ao reagir e atingir o equilíbrio, a mistura de N2 e H2 é transferida para um condensador;
3. Nesta etapa a amônia formada se encontra no estado gasoso: NH3(g), mas quando passa pelo condensador se converte em líquida;
4. Estando a amônia liquefeita é então retirada e pode ser usada.

A síntese da amônia pelo processo de Haber-Bosch é economicamente viável e vastamente utilizada.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves De. "Obtenção da Amônia: processo de Haber-Bosch"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/obtencao-amonia-processo-haberbosch.htm>. Acesso em 31 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA