Topo
pesquisar

Lipídios

Química

Os lipídios são ésteres que constituem os mais importantes óleos e gorduras, com estruturas semelhantes e são elaborados nos seres vivos a partir de ácidos graxos e glicerol.
Os alimentos apresentados na foto acima são fontes de lipídios
Os alimentos apresentados na foto acima são fontes de lipídios
PUBLICIDADE

Os lipídios, também denominados de lipídeos, lípides ou lípidos, são uma classe dos ésteres que engloba todas as substâncias gordurosas do reino vegetal e animal; daí a origem do seu nome, pois em grego o termo lipos significa “gordura”.

Portanto, incluem como fontes de lipídios na alimentação: óleos, azeites, manteiga, margarina, maionese, alimentos gordurosos como nozes, amendoim, abacate, coco e chocolate.

Definição química de lipídio

  • Glicerídeos: Genericamente, esses lipídios são formados nos seres vivos (origem animal e vegetal) por meio de reações entre ácidos graxos superiores e o glicerol, que é uma molécula de triálcool glicerina (propanotriol), conforme mostrado.

A formação de um glicerídeo se dá pela reação entre um glicerol e ácidos graxos

Observe que em destaque temos três grupos característicos da função dos ésteres, portanto, esse composto é classificado como um triéster. Visto que são derivados do glicerol, os triésteres são denominados de triglicerídeos ou triglicérides.

Os radicais R1, R2 e R3 podem ser derivados de ésteres diferentes. A saturação ou instauração desses radicais é que determinará se o glicerídeo será um óleo ou uma gordura, pois temos que:

Classificação em óleo ou gordura

Exemplo de uma gordura:

Exemplo de gordura

Veja que nesse caso, dois entre três dos radicais são saturados, portanto, esse triglicerídeo é uma gordura.

Para você saber se os radicais são saturados ou insaturados não é necessário escrever a fórmula estrutural completa, basta seguir a seguinte regra prática:

Regra para se descobrir a insaturação

Por exemplo, no composto a seguir, nos três radicais a quantidade de hidrogênios (33) é inferior ao dobro da quantidade de carbonos (17). Assim, esse composto possui três radicais insaturados, sendo, portanto, um óleo.

Exemplo de óleo

Visto que a única diferença entre o óleo e a gordura é a insaturação, é possível transformar o óleo em gordura por meio de uma reação de hidrogenação, que é o método usado pela indústria na fabricação da margarina ou gordura vegetal a partir de óleos vegetais.

Genericamente, temos:

A hidrogenação parcial do óleo origina a margarina


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Lipídios"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/lipidios.htm>. Acesso em 23 de outubro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA