Topo
pesquisar

Grau de ionização de ácidos

Química

PUBLICIDADE

Grau de ionização, representado pela letra α (alfa), se define como a relação entre o número de moléculas ionizadas e o número total de moléculas dissolvidas. Equação para cálculo:



Vamos a um exemplo prático:

Se dissolvermos ácido clorídrico (HCl) em água, qual a quantidade de moléculas que sofreria ionização?

O HCl em água sofre ionização, liberando íons H+ e Cl-.

HCl → H+ + Cl-

Se avaliarmos 100 moléculas de HCl em meio aquoso, temos que apenas 92 sofrem ionização, ou seja, o Grau de ionização é de 92 %.

É com base nesse grau de ionização que podemos classificar um ácido em forte, moderado ou fraco, veja a tabela:




Assim temos que:

Ácido forte: aquele que se ioniza em 50%.

Ácido moderado (ou semiforte): grau de ionização maior que 5% e menor que 50%.

Ácido fraco: a ionização ocorre em apenas 5% de sua molécula.

A classificação para o HCl, de acordo com a tabela, é de ácido forte.

Vamos a um exemplo de ácido moderado. O ácido fluorídrico (HF) se ioniza conforme a equação:

HF → H+ + F-

Esse ácido se classifica como semiforte porque tem menos de 50% de suas moléculas ionizadas.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Veja mais!
Ácidos mais comuns na química do cotidiano

Nomenclatura dos ácidos

Química Inorgânica - Química - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves De. "Grau de ionização de ácidos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/grau-ionizacao-acidos.htm>. Acesso em 03 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA