Topo
pesquisar

Fórmulas dos ácidos

Química

As fórmulas dos ácidos de Arrhenius apresentam como padrão a presença de um cátion hidrônio (representado na fórmula por Hy) e um ânion qualquer.
PUBLICIDADE

O objetivo deste texto é falar sobre as fórmulas dos ácidos segundo a teoria de Arhenius, a qual diz que ácido é toda substância que, quando adicionada à água, ioniza-se e produz o cátion hidrônio (representado por H+ ou H3O+) e um ânion (X-) qualquer.

Equação de ionização de um ácido qualquer
Equação de ionização de um ácido qualquer

Com base na definição de Arrhenius, a fórmula dos ácidos apresenta um padrão característico, que é HyX. Dessa forma, o que diferencia um ácido de outro, em relação às suas fórmulas, é o tipo de ânion (X) e a quantidade de hidrogênios (y).

Ânions

Os ânions utilizados na construção da fórmula dos ácidos podem apresentar cargas -1 (monovalentes), -2 (bivalentes), -3 (trivalentes) ou -4 (trivalentes). Veja os principais ânions que comumente fazem parte da fórmula de um ácido:


Tabela com os principais ânions monovalentes

Tabela com os principais ânions bivalentes
Tabela com os principais ânions bivalentes

Tabela com os principais ânions trivalentes
Tabela com os principais ânions trivalentes

Tabela com os principais ânions tetravalentes
Tabela com os principais ânions tetravalentes

Quantidade de hidrogênios na fórmula do ácido

A quantidade de hidrogênios (y) na fórmula de um ácido depende exclusivamente do tipo de ânion que ele apresenta. Assim, na fórmula do ácido, teremos:

  • Apenas um hidrogênio (y = 1), se o ânion for monovalente;

  • Dois hidrogênios (y = 2), se o ânion for bivalente;

  • Três hidrogênios (y = 3), se o ânion for trivalente;

  • Quatro hidrogênios (y = 4), se o ânion for tetravalente.

Exemplos de construção de fórmulas de ácidos

→ Fórmula do ácido sulfuroso

Como o nome do ácido termina com o termo oso e ele sempre substitui a terminação ito de um ânion, temos o ânion bivalente sulfito (SO3-2). A fórmula do ácido é H2SO3.

→ Fórmula do ácido piroarsênico

Como o nome do ácido termina com o termo ico e ele sempre substitui a terminação ato de um ânion, temos o ânion tetravalente piroarsenato (As2O7-4). A fórmula do ácido é H4As2O7.

→ Fórmula do ácido fluorídrico

Como o nome do ácido termina com o termo ídrico e ele sempre substitui a terminação eto de um ânion, temos o ânion monovalente fluoreto (F-1). A fórmula do ácido é HF.

→ Fórmula do ácido sulfídrico

Como o nome do ácido termina com o termo ídrico e ele sempre substitui a terminação eto de um ânion, temos o ânion bivalente sulfeto (S-2). A fórmula do ácido é H2S.

→ Fórmula do ácido oxálico

Como o nome do ácido termina com o termo ico e ele sempre substitui a terminação ato de um ânion, temos o ânion bivalente oxalato (C2O4-2). A fórmula do ácido é H2C2O4.

→ Fórmula do ácido permangânico

Como o nome do ácido termina com o termo ico e ele sempre substitui a terminação ato de um ânion, temos o ânion monovalente permanganato (MnO4-1). A fórmula do ácido é HMnO4.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Fórmulas dos ácidos"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/formulas-dos-acidos.htm>. Acesso em 25 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA