Topo
pesquisar

Exceções à regra do Octeto

Química

PUBLICIDADE

Alguns compostos não precisam ter oito elétrons na camada de valência para atingir a estabilidade, são por isso considerados exceções à Regra do Octeto. Aprenda agora por que alguns elementos escapam da obrigação de ter um octeto de elétrons na última camada.

Berílio (Be)

É uma exceção à Regra do Octeto porque é capaz de formar compostos com duas ligações simples, sendo assim, estabiliza-se com apenas quatro elétrons na camada de valência.



Como o hidrogênio (H) precisa ceder dois elétrons para realizar a ligação (H ― Be ― H), o átomo de Berílio (Be) compartilha seus elétrons e atinge a estabilidade.

Alumínio (Al)

É uma exceção à Regra do Octeto porque atinge a estabilidade com seis elétrons na camada de valência. O átomo de Alumínio tende a doar seus elétrons e assim pode formar três ligações simples com outros átomos:



Neste caso, o Alumínio (Al) formou três ligações com três átomos de Flúor (F).

Boro (B)

Forma substâncias moleculares com três ligações simples.



Repare que o Boro (B) tem a tendência de doar seus elétrons para os átomos de Flúor (F), este sim obedece à Regra do Octeto, necessitando de oito elétrons na camada de valência. Como o Boro cede seus elétrons, o flúor se estabiliza com o Octeto formado.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Veja mais!

Teoria do Octeto

Química Geral - Química - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves De. "Exceções à regra do Octeto"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/excecoes-regra-octeto.htm>. Acesso em 29 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA