Topo
pesquisar

Eletrólise Solução Aquosa

Química

PUBLICIDADE

Os processos de eletrólise se baseiam na passagem de uma corrente elétrica através de um sistema líquido que tenha íons presentes, gerando assim reações químicas. Em uma solução aquosa, devemos considerar não só os íons provenientes da solução, mas também os da água. Estes íons são os cátions H+ e ânions OH- resultantes da auto-ionização da água. Veja a demonstração:

CA C+ + A-
H20
H+ + OH-

Mas como é feita a Eletrólise? O material, antes de ser eletrolisado, é dissolvido na água. Por exemplo, na eletrólise em solução aquosa do NaNO3, obtemos:

• gás hidrogênio (H2) no cátodo, evidência de que a água (H2O) sofreu redução; o cátion Na+ fica dissolvido na água e não sofre redução.

• gás oxigênio (O2) no ânodo, evidência de que a água (H2O) sofreu oxidação; o ânion NO3-  fica dissolvido na água e não sofre oxidação.

Numa eletrólise aquosa, temos as seguintes possibilidades:

Cátodo

Ânodo

Redução do cátion do material

Oxidação do ânion do material

ou

ou
Redução da água Oxidação da água


Redução da água (cátodo)

A redução da água pode ser explicada com a utilização do seguinte mecanismo:




Oxidação da água (ânodo)

A oxidação da água pode ser explicada com a utilização do seguinte mecanismo:


Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Eletrólise - Físico-Química - Química - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves De. "Eletrólise Solução Aquosa"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/eletrolise-solucao-aquosa.htm>. Acesso em 24 de agosto de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA