Topo
pesquisar

Cloreto de sódio (sal de cozinha)

Química

O cloreto de sódio é uma substância inorgânica pertencente à função química dos sais. Suas principais características são a dissociação e o sabor salgado.
PUBLICIDADE

O cloreto de sódio (sal de cozinha) é o sal que utilizamos em nosso dia a dia para salgar alimentos preparados de forma artesanal ou processados (industrializados). Trata-se de uma substância que está presente também em diversos alimentos naturais consumidos por nós no dia a dia, como frutas, verduras, legumes, sementes etc.

Neste texto você conhecerá tudo sobre essa importante substância para o dia a dia do ser humano:

a) Definição

O cloreto de sódio pertence à função inorgânica dos sais e é composto pela associação do cátion sódio (Na+) e o ânion cloreto (Cl-) por meio de uma ligação iônica.

b) Características químicas

O cloreto de sódio é formado por dois elementos químicos:

→ Sódio (Na):

  • pertence à família dos metais (capazes de formar cátions facilmente) alcalinos (IA);

  • apresenta um elétron na camada de valência;

  • possui número atômico igual a 11;

  • possui alta eletropositividade (capacidade de perder elétrons).

→ Cloro (Cl)

  • pertence à família dos halogênios (VIIA);

  • é um ametal (é por isso que se torna um ânion tão facilmente);

  • apresenta sete elétrons na camada de valência;

  • possui número atômico igual a 17;

  • possui alta eletronegatividade (capacidade de ganhar elétrons).

Como os dois elementos químicos que formam o cloreto de sódio apresentam, respectivamente, alta eletropositividade e alta eletronegatividade, entre eles ocorre uma ligação iônica (estabelecida entre átomos com a tendência de perder e de ganhar elétrons).

A estrutura química do cloreto de sódio é composta por um único ânion cloreto (esfera verde), que interage com seis cátions sódio (esferas azuis), como podemos observar na estrutura abaixo:

Representação da estrutura cristalina do cloreto de sódio
Representação da estrutura cristalina do cloreto de sódio

c) Características físicas

  • Ponto de fusão:

O cloreto de sódio pode ser transformado do estado sólido para o estado líquido em uma temperatura de 801 oC.

  • Ponto de ebulição:

O cloreto de sódio pode ser transformado do estado líquido para o estado gasoso em uma temperatura de 1465 oC.

  • Polaridade

Por se tratar de uma substância originada por ligação iônica, ou seja, por ser um composto iônico, o cloreto de sódio é polar.

  • Solubilidade em água

Podemos dissolver em 1 L de água, a 25 oC, até 359 gramas de cloreto de sódio.

  • Solubilidade em outros solventes:

Como o cloreto de sódio é um composto polar, não pode ser dissolvido em nenhum solvente de natureza apolar, como o óleo.

  • Densidade:

A densidade do cloreto de sódio é de 2,165 g/mL, sendo, portanto, mais denso que a água, que apresenta densidade igual a 1 g/mL.

  • Condutibilidade elétrica:

Por se tratar de um composto iônico, o cloreto de sódio é capaz de conduzir corrente elétrica apenas quando:

  • Está em seu estado fundido, ou seja, líquido;

  • Dissolvido em água.

d) Formas de obtenção

O cloreto de sódio pode ser obtido de forma física ou de forma química:

1o) Obtenção de forma física:

  • Cristalização fracionada

O cloreto de sódio é obtido pela evaporação da água de oceanos.

  • Minas subterrâneas

É extraído em minas por meio de técnicas de mineração.

  • Depósitos subterrâneos

É extraído em depósitos subterrâneos profundos por meio da dissolução em água (dissolve-se o sal presente no depósito) e posterior bombeamento.

2o) Obtenção de forma química

  • Reação de síntese

A obtenção do cloreto de sódio pode ser realizada a partir da reação química de síntese (substâncias simples origina uma substância composta) entre o gás cloro e o sódio metálico:

2 Na(s) + Cl2(g) → 2 NaCl(s)

Outra forma de obtenção do cloreto de sódio quimicamente é por meio da reação de neutralização entre o ácido clorídrico e o hidróxido de sódio, na qual temos a formação de sal e água:

HCl(l) + NaOH(aq) → NaCl(aq) + H2O(l)

e) Importância para o ser humano

O cloreto de sódio por si só não apresenta nenhuma função no organismo humano, mas quando ele se dissocia nos cátions sódio (Na+) e ânions cloreto (Cl-), cada um desses dois íons apresenta diversas funções importantes para o nosso organismo. Veja algumas dessas funções:

→ Funções do cátion sódio (Na+)

  • Previne a coagulação sanguínea;

  • Combate a formação de cálculos renais e biliares;

  • Participa da regulação dos líquidos corporais;

  • Participa da regulação da pressão arterial.

→ Funções do ânion cloreto (Cl-)

  • Participação na formação e constituição do suco gástrico (ácido clorídrico – HCl);

  • Participação na formação do suco pancreático.

f) Prejuízos ao corpo humano

O consumo em excesso de cloreto de sódio pode acarretar os seguintes prejuízos ao ser humano:

→ Prejuízos provocados pelo excesso de cátions sódio no organismo:

  • Aumento do tempo da cicatrização de feridas;

  • Aumento da incidência de cãibras;

  • Aumento da pressão arterial;

  • Sobrecarga dos rins;

  • Aumento da retenção de líquidos no organismo.

→ Prejuízos provocados pelo excesso de ânions cloreto no organismo:

  • Destruição da vitamina E;

  • Diminuição da produção do iodo no organismo.

g) Outras aplicações

Além de ser utilizado para salgar os alimentos, o cloreto de sódio pode ser utilizado ainda nas seguintes situações:

  • Produção de xampus;

  • Produção de papel;

  • Produção de Hidróxido de sódio (NaOH);

  • Produção de detergentes;

  • Produção de sabões;

  • Derretimento da neve em locais que sofrem com nevascas;

  • Produção de sódio metálico;

  • Produção de gás cloro;

  • Em isotônicos para reposição eletrolítica corporal;

  • Em soluções descongestionantes nasais;

  • Produção do soro fisiológico; entre outras aplicações.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Cloreto de sódio (sal de cozinha)"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/cloreto-sodio.htm>. Acesso em 25 de setembro de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA