Topo
pesquisar

Transtorno do Déficit de Atenção

Psicologia

PUBLICIDADE

O transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) é freqüente tanto em crianças e adolescentes como em adultos, é uma condição de base orgânica, relacionada ao mau funcionamento do córtex cerebral. Seu quadro sintomático pode ser dividido em três áreas, a atenção, o controle dos impulsos e a atividade motora.

Nas crianças o sintoma mais evidente é o comportamental, tendo como resultados, muitas vezes, o mau desempenho escolar, repetências, expulsões e suspensões escolares, relações complicadas com familiares e colegas, desenvolvimento de depressão, baixa auto-estima e ansiedade. Muitos destes problemas podem ser driblados quando seus professores e familiares são orientados a proceder de uma maneira mais satisfatória.

A característica fundamental do déficit de atenção é a falta de constância em atividades que exigem atenção. A desatenção, a hiperatividade e a impulsividade são seus aspectos essenciais. O que evidencia a desatenção é a dificuldade de se ligar em detalhes, errar por descuido em atividades escolares, não manter a atenção em jogos e brincadeiras.

Correr, escalar, falar em excesso e em situações inapropriadas, balançar mãos e pés continuamente são características da hiperatividade. A característica da impulsividade são as respostas dadas antes que a pergunta seja completada e dificuldade de esperar a vez, interrompendo a atividade do outro.

Patrícia Lopes

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LOPES, Patrícia. "Transtorno do Déficit de Atenção "; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/psicologia/transtorno-deficit-atencao.htm>. Acesso em 26 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA